Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Os Quatro Elementos da natureza entrelaçam-se a partir de sexta-feira na Galeria Municipal do Porto
30-08-2017
Água, Terra, Fogo e Ar são as raízes da exposição de arte contemporânea "Quatro Elementos" que a Galeria Municipal do Porto abre ao público a partir das 19 horas desta sexta-feira.

A terceira exposição do ano naquele espaço municipal, localizado nos Jardins do Palácio de Cristal que, no mesmo dia, inauguram a Feira do Livro do Porto, foi estruturada a partir da ideia cosmogónica dos Elementos Naturais, que inspirou pensadores de várias eras e continua a influenciar a criação contemporânea, nomeadamente nas artes visuais.

Comissariada pela Câmara do Porto, "Quatro Elementos" explora a temática da obra de Sophia de Mello Breyner Andresen, que constitui tema da edição deste ano da Feira do Livro. Para tal, a exposição conta com quatro curadores, cada um deles responsável por um Elemento: Ana Luísa Amaral - Água / Eduarda Neves - Terra / Pedro Faro - Fogo / Nuno Faria - Ar. E desenvolve-se, assim, a partir de quatro projetos e linguagens curatoriais, que trabalham os quatro elementos naturais de forma isolada, ou contaminada.

Artistas, escritores e outros pensadores internacionais - como Douglas Gordon, Martha Rosler, Julius Eastman, Felix Gonzalez-Torres, Aki Nagasaka e James Baldwin - e nacionais - como Vasco Araújo, Mariana Caló e Francisco Queimadela, João Pedro Vale & Nuno Alexandre Ferreira, Júlio Pomar, Salomé Lamas e Sophia de Mello Breyner Andresen - estão representados em "Quatro Elementos", que pode ser visitada até 12 de novembro.