Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Orquestra Barroca Casa da Música encantou os Aliados e hoje há novo concerto
07-09-2019
As melodias contagiantes da Orquestra Barroca Casa da Música assinalaram a rentrée dos grandes eventos na Avenida dos Aliados, na noite desta sexta-feira. Hoje, sobe ao palco a Orquestra Sinfónica do Porto, a partir das 22 horas. 

De acesso livre, o mini-ciclo Orquestra no Património iniciou-se sob a batuta do maestro Dmitry Sinkovsky, também violinista e contratenor. Com uma assistência atenta, o ambiente festivo aqueceu ao som de uma sinfonia de dança de Rebel, compositor do barroco francês e figura proeminente das cortes de Luís XIV e Luís XV.

Seguiu-se no repertório a Música Aquática de Händel, escrita para acompanhar o séquito real britânico em excursão pelo Rio Tamisa, tendo finalizado o concerto com composições de Vivaldi, ao fim de cerca de hora e meia.

Para a noite deste sábado, aguarda-se o regresso ao palco da Orquestra Sinfónica do Porto, num espetáculo dirigido por Baldur Brönnimann. Está prometido um concerto repleto de momentos dançantes, com sonoridades de diversas proveniências geográficas.

A utilização dos tamborins, címbalos e triângulo no Carnaval Romano de Berlioz dará o ambiente de uma festa popular, enquanto Ponchielli transportará o público para um baile elegante onde uma valsa passa por ambientes variados.

Do outro lado do oceano, chegará a música do mais famoso bandoneonista da história e grande figura da música argentina, Astor Piazzolla, e ainda a partitura de Mason Bates, que funde uma escrita orquestral inovadora com os ritmos da eletrónica e do techno.

A iniciativa Orquestra no Património resulta de uma ação conjunta da Fundação Casa da Música e Câmara do Porto.