Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Open House Porto volta em junho para mostrar a vida interior do património
19-03-2019
A "vida interior" das cidades do Porto, Gaia e Matosinhos vai dar-se a conhecer no fim de semana de 29 e 30 de junho, durante o Open House Porto 2019.

Na sua 5.ª edição, o Open House tem um novo roteiro de espaços que estarão de portas abertas gratuitamente para revelar "a excelência do património arquitetónico das três cidades". Aquele que é um dos mais populares eventos de arquitetura do mundo apresenta desta vez 70 espaços, 60% dos quais inéditos, revela a Casa da Arquitectura (CA) - Centro Português de Arquitectura, que assegura a organização e produção do Open House, sublinhando "o enorme sucesso da última edição, que contou com 32 mil visitas".

Assentando numa parceria estratégica das Câmaras Municipais do Porto, Matosinhos e Gaia, o Open House Porto pretende continuar a afirmar-se como um dos momentos culturais mais significativos do ano. Assim, e por forma a assegurar que cada edição é original e irrepetível, o evento propõe neste ano "uma viagem pelos lugares de interioridade", desvelando "muitas casas, palácios, bairros, alguns monumentos; entrar na cidade, penetrar nos seus segredos, saber dos seus interstícios e das pessoas (ou da sua ausência)".

O Open House Porto, que já recebeu quase 100 mil visitas desde a primeira edição, em 2015, tem desta vez como comissários os arquitetos Nuno Valentim e Joana Couceiro. "Uma equipa jovem com diferentes experiências profissionais, com conhecimento e intervenção sobre a grande transformação que se está a operar no tecido urbano das cidades", diz o diretor executivo da CA, Nuno Sampaio. O também arquiteto realça ainda a "excelência da dupla curatorial e o ambicioso roteiro que se apresenta à Casa da Arquitectura com esta curadoria".

Dedicado à "Vida Interior", o roteiro de 2019 constitui um percurso em que "a casa (ou a cidade) dá-se a ver do outro lado do umbral". Conforme descrito no texto curatorial, "a porta entreaberta é lugar de expectativa e suspensão. Dentro, pode estar um espaço quente e familiar ou, pelo contrário, isolado e agreste".

Entretanto, para informar e orientar os visitantes, estão já abertas as candidaturas para o recrutamento de 300 voluntários, que decorre até 15 de abril. O formulário para a candidatura está disponível na página oficial do evento em www.openhouseporto.com ou diretamente AQUI.