Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Onde é que se come a melhor francesinha?
20-09-2019
O Porto vai tentar novamente descobrir onde se come a melhor francesinha, num evento que reúne quatro dos mais emblemáticos e afamados restaurantes que têm entre as suas especialidades aquele símbolo gastronómico do Porto: o Festival da Francesinha começa no dia 26.

A melhor francesinha é aquela que nós mais gostamos. Diria La Palice, mas também qualquer portuense (e não só) que se preze por gostar das melhores iguarias típicas da cidade.

Com efeito, quando se gosta, o hábito enraíza-se e é frequente preferir voltar ao local de onde se saiu deliciado com a francesinha, ainda que haja quem goste de ir provando as variantes em diferentes estabelecimentos.

Para tirar as teimas - ou mantê-las... - o festival "A Francesinha na Baixa" está de volta para a 8.ª edição a partir da próxima quinta-feira, 26 de setembro, levando até à Praça de D. João I quatro "embaixadores" da especialidade para cativar mais apaixonados: Alfândega d'Ouro, Cufra, Madureira's e Inova.

O festival vai prolongar-se até 6 de outubro e, segundo a organização, terá cerca de 20 propostas diferentes de francesinhas, todas com um segredo bem guardado. Aos fins de semana, como é habitual, a iguaria será acompanhada por harmonizações com cerveja e espetáculos de música ao vivo.

Organizado pela EV-Essência do Vinho e a Super Bock com o apoio da Câmara do Porto, o evento, que no ano passado atraiu mais de 18 mil visitantes, terá um recinto instalado na praça com lugar para 440 pessoas sentadas. A entrada tem um custo de três euros e inclui a oferta de uma cerveja, sendo o acesso gratuito de segunda a sexta-feira entre as 12 e as 17 horas. As crianças até aos 12 anos têm também entrada livre e menus, sendo que há menus infantis disponíveis.

HORÁRIO
26 de setembro: 19h00-00h00;
De domingo a quinta: 12h00-23h00;
Sexta e sábado: 12h00-24h00.