Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Ponte aérea está a ser um fracasso
29-03-2016

A TAP recusou aos jornalistas os números do primeiro dia de operação da ponte aérea Porto - Lisboa, dizendo apenas que tinha sido um sucesso, mas o Porto.pt mostra-lhe que a ocupação média não ultrapassou em muito os 50%, e que chegou a ser de 6% num dos voos, muito aquém dos 97% garantidos nos voos internacionais diretos do aeroporto Sá Carneiro. O segundo dia terá corrido ainda pior, com atrasos sucessivos e um cancelamento. No mesmo dia, a Ryanair atingiu 78% de ocupação no mesmo trajeto, mas com aviões maiores.

 

Os números não mentem, o primeiro dia de ponte aérea entre o Porto e Lisboa, domingo, 27 de março, não foi o sucesso que a TAP anunciou, embora recusando as taxas de ocupação à imprensa. O Porto.pt sabe, contudo, que houve voos com 6% de ocupação e que a média dos 18 voos foi de 57%. Para que não existam dúvidas, revelamos os números voo a voo, onde se demonstra que, apesar da maioria dos voos terem acontecido com aviões de pequena dimensão e poucos lugares, as taxas de ocupação foram muito baixas.


Logo de manhã, a TAP fez uma ligação com um Airbus A319, com 126 lugares, onde só sete estavam ocupados. A operação, ao longo do dia, foi sendo garantida por aviões muito diversos, como Airbus A319, A320, os ATR42 e ATR72 e Embraer, ou seja, alguns dos voos foram operados com aviões com cerca de 40 lugares, o que nem assim fez aumentar as taxas de ocupação.


Com taxas de ocupação desta ordem é impossível rentabilizar voos e obter proveito das ligações, ao contrário do que acontecia com as ligações descontinuadas do Porto para a Europa  (74 voos semanais), que apresentavam taxas de ocupação da ordem dos 90%.


No mesmo dia em que a TAP iniciou a ponte aérea para Lisboa, com taxas de ocupação de 57%, a Ryanair realizou seis voos entre as duas cidades, com taxas de ocupação sempre acima dos 70% e uma média de 78%, sempre com aviões com perto de 200 lugares (Boeing 737)


Mais importante, os 13 voos internacionais realizados pela TAP do Porto para a Europa, no dia em que iniciou a ponte aérea, registaram uma média de ocupação de 97,63%, ou seja, todos os aviões saíram praticamente cheios nas ligações do Porto à Europa.


Embora o Porto.pt não possua ainda números referentes ao segundo dia da ponte área, tudo indica que a operação correu ainda pior na segunda-feira. Com efeito, quase todos os voos saíram com atrasos importantes, quer do Porto quer de Lisboa, um dos voos foi mesmo cancelado e outro chegou com mais de três horas de atraso. Houve, ainda, passageiros com ligações perdidas para voos à Europa e queixas de quem tinha comprado voos diretos do Porto e foi obrigado a viajar na ponte aérea para Lisboa e a perder horas na ligação forçada.

 

 TAP (ponte aérea Porto - Lisboa, 27 de março)

TAP1921 OPO-LIS 319 CSTTU 88 66,67%

TAP1922 LIS-OPO 319 CSTTG 09 06,81%

TAP1923 OPO-LIS 320 CSTNU 36 22,22%

TAP1924 LIS-OPO 319 CSTTE 82 62,12%

TAP1927 OPO-LIS 319 CSTTE 67 50,76%

TAP1933 OPO-LIS 319 CSTTG 46 34,85%

TAP1926 LIS-OPO AT4 CSTRV 23 46,00%

TAP2675 OPO-LIS ER4 CSTPG 15 30,61%

TAP1929 OPO-LIS AT4 CSTRV 25 50,00%

TAP1930 LIS-OPO AT7 CSDJA 66 94,29%

TAP1931 OPO-LIS AT7 CSDJA 29 41,43%

TAP1932 LIS-OPO AT7 CSDJC 60 85,71%

TAP1935 OPO-LIS AT7 CSDJC 47 67,14%

TAP1936 LIS-OPO AT7 CSDJA 65 92,86%

TAP1939 OPO-LIS AT7 CSDJA 25 35,71%

TAP1934 LIS-OPO AT4 CSTRV 47 94,00%

TAP1937 OPO-LIS AT4 CSTRV 20 40,00%

TAP1940 LIS-OPO AT7 CSDJC 28 40,00%

TAP1947 OPO-LIS AT7 CSDJC 22 31,43%

TAP1946 LIS-OPO AT4 CSTRV 36 72,00%

TAP1949 OPO-LIS AT4 CSTRV 37 74,00%

TAP1948 LIS-OPO AT7 CSDJA 46 65,71%

TAP1951 OPO-LIS AT7 CSDJA 28 40,00%

TAP1960 LIS-OPO AT7 CSDJC 42 60,00%

TAP1953 OPO-LIS AT7 CSDJC 40 57,14%

TAP1962 LIS-OPO AT4 CSTRV 46 92,00%

TAP1955 OPO-LIS AT4 CSTRV 43 86,00%

TAP1928 LIS-OPO 319 CSTTJ 81 61,36%

TAP1964 LIS-OPO AT7 CSDJA 24 34,29%

TAP1957 OPO-LIS AT7 CSDJA 43 61,43%

TAP1966 LIS-OPO AT7 CSDJC 48 68,57%

TAP1959 OPO-LIS AT7 CSDJC 37 52,86%

TAP1970 LIS-OPO AT4 CSTRV 35 70,00%

TAP1971 OPO-LIS AT4 CSTRV 17 34,00%

TAP1968 LIS-OPO AT7 CSDJA 56 80,00%

TAP1958 LIS-OPO AT7 CSDJC 51 72,86%

 

Load Factor médio: 57,63%

 

 

RYANAIR (ponte aérea Porto - Lisboa, 27 de março)

RYR2093 OPO-LIS 73H EIEBX 133 70,37%

RYR2094 LIS-OPO 73H EIEBX 135 71,43%

RYR1671 LIS-OPO 73H EIDCP 147 77,78%

RYR1672 OPO-LIS 73H EIDCP 142 75,13%

RYR2095 LIS-OPO 73H EIDLE 160 84,66%

RYR2096 OPO-LIS 73H EIDLE 168 88,89%

 

Load Factor médio: 78,04%