Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Obras na Rua do Barão de Forrester estão concluídas e a circulação de trânsito fica com sentido único
30-07-2020

Está concluída a obra de renovação das infraestruturas da Rua do Barão de Forrester, que abrangeu as redes de abastecimento de água, saneamento e águas pluviais, bem como envolveu a intervenção ao nível do pavimento, arranjo dos passeios e colocação de novos equipamentos de recolha de resíduos. A abertura à circulação do trânsito, que passa a ter sentido único norte/sul, decorre já amanhã, sexta-feira.


De modo a garantir uma melhoria das condições de circulação, o sentido da Rua do Barão de Forrester passa a ser descendente, ou seja, os veículos podem iniciar o percurso desde o Largo da Ramada Alta até à Rua da Boavista.

A intervenção de fundo, assegurada pela empresa municipal Águas do Porto, correspondeu a um investimento na ordem dos 1,1 milhões de euros e teve duração superior a um ano. Sendo, por isso, significativa a requalificação da artéria aos olhos de quem passa, o Município delineou para o local uma nova estratégia, com o intuito de melhorar as condições de mobilidade e de usufruto do espaço público.

Assim, de modo a aliviar a pressão de estacionamento existente, a Câmara do Porto avança a partir de amanhã, dia 31, com zonas de estacionamento de duração limitada (ZEDL) na Rua do Barão de Forrester, na Rua da Infanta D. Maria e na Rua de Paula Vicente, na envolvente da Escola Secundária Carolina Michaëlis.

Estando estas artérias enquadradas na Zona II, a taxa de estacionamento é de 0,60€/hora ou 3,60€/dia.

As medidas vêm assim contribuir para a gestão integrada da mobilidade na cidade e ajudar a reduzir o estacionamento abusivo na via pública, estando alicerçadas em estudos de mobilidade com vista a promover o maior uso do transporte público, a rotatividade de lugares e, em simultâneo, a proporcionar condições para a deslocação pedonal e ciclável.

No âmbito desta reorganização do espaço destinado ao estacionamento poderão ser criadas bolsas dedicadas exclusivamente aos moradores que venham a solicitar uma avença de residentes.

A avença, que tem um custo anual de 25 euros para a primeira viatura, acrescido do valor de 15 euros para a emissão do dístico, deve ser requisitada online, através do Balcão de Atendimento Virtual. No caso de total impossibilidade de submissão online do pedido, a avença pode ser requisitada presencialmente no Gabinete do Munícipe. O atendimento presencial requer marcação prévia através da Linha Porto. 220 100 220, disponível de segunda a sexta-feira, das 9 às 19 horas.

Rua também está mais verde
Além da renovação, que implicou uma intervenção em cerca de 6.250 metros quadrados de espaço do domínio público, o arruamento foi ainda alvo de uma requalificação urbanística que visou a hierarquização e separação entre o trânsito automóvel e o trânsito pedonal, a criação de condições para a conexão equilibrada dos vários usos da rua, o reforço dos equipamentos de recolha de resíduos urbanos e o aumento da estrutura verde pela plantação de mais árvores. 

A partir desta sexta-feira, um arruamento próximo a Barão de Forrester, nomeadamente a Rua de Paula Vicente, no troço compreendido entre a Rua da Infanta D. Maria e Rua de Nossa Senhora de Fátima, fica também com circulação de sentido único sul/norte.