Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Obras de Serralves ficam em exposição no átrio da Câmara até setembro
18-07-2019
A exposição "Viagem ao Princípio: Ida e Volta. Coleção de Serralves 1989-2019" chega à Câmara do Porto, naquela que é uma forma da Fundação estender a celebração do 30.º aniversário à cidade. Nos Paços do Concelho, as obras selecionadas podem ser vistas até 27 de setembro.

Fazem parte do acervo da Coleção de Serralves e têm um significado e lugar destacado na sua génese e história ao longo dos últimos trinta anos. As obras do artista português Rui Chafes (Lisboa, 1966) e do norte-americano Matt Mullican (Santa Monica, 1951) moram, nos próximos meses, no átrio da Câmara do Porto.

A inauguração da extensão da exposição "Viagem ao Princípio: Ida e Volta. Coleção de Serralves 1989-2019" decorreu no final da tarde desta quarta-feira, na presença da presidente do Conselho de Administração da Fundação de Serralves, Ana Pinho, do diretor artístico do Museu de Serralves, Philippe Vergne, do presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, do seu adjunto para a Cultura, Guilherme Blanc, de vereadores do Executivo municipal, entre outros visitantes.

Em particular, Rui Chafes, tem uma relação muito próxima com a cidade do Porto, onde expõe regularmente e onde inclusive tem uma escultura pública da sua autoria na Rua das Flores. Trata-se assim de uma oportunidade única para ver reunidas peças que mostram a evolução da sua obra, num único espaço.

Além de ocupar o Museu, o Parque e a Casa de Serralves, a exposição comemorativa do 30.º aniversário da Fundação abre-se assim à cidade, instalando-se em dois locais que simbolizam a sua proximidade ao Porto: os Paços do Concelho e ainda o Terminal de Cruzeiros de Leixões.

No átrio da Câmara do Porto, a exposição pode ser visitada até ao dia 27 de setembro. Está aberta de segunda a sexta-feira, entre as 9 e as 17 horas. A entrada é livre.