Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

O Porto de Miguel Veiga e de Vasco Graça Moura foi revisitado nas suas obras
01-07-2019
Duas obras de dois ilustres portuenses, Miguel Veiga e Vasco Graça Moura, foram apresentadas na passada sexta-feira no Palacete dos Viscondes de Balsemão, numa sessão de homenagem que contou com a participação do presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira.

"O Porto de Miguel Veiga - Fotografias, poema, prosa & outros lugares poéticos" e "Visto da Margem Sul do Rio o Porto", títulos da autoria de Miguel Veiga e de Vasco Graça Moura, respetivamente, foram revisitados numa iniciativa promovida pela editora Modo de Ler, responsável pela publicação dos dois livros.

A apresentação, dirigida pelo Professor Valente de Oliveira e por Manuel Novaes Cabral, contou com a colaboração de Isabel Ponce Leão, deputada da Assembleia Municipal do Porto pelo grupo Rui Moreira: Porto, o Nosso Partido, e Paula Marinho, da Modo de Ler, e ainda com uma intervenção do presidente da Câmara do Porto.

Figuras notáveis da cidade, Miguel Veiga e Vasco Graça Moura deixaram para a posterioridade uma herança indelével sobre o Porto e as suas gentes, e quem com eles privou fez questão de nesta sessão enaltecer a nobreza do seu legado.

Miguel Luís Kolback da Veiga, personalidade incontornável na advocacia e na política em Portugal, afirmava que "não é impunemente que se nasce no Porto". No seu livro, que reúne "Fotografias, poema, prosa & outros lugares poéticos", essa convicção de que o Porto "é a pátria dentro da pátria" transpira em cada página.

Vasco Navarro da Graça Moura, escritor, poeta e tradutor, acreditava que "todos somos do Porto ou, pelo menos, todos fomos do Porto alguma vez na vida". No livro de poemas, escritos ao longo de quase meio século, reescreve a cidade, abrindo caminhos entre a memória, a recriação e a redescoberta.