Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

O maior festival de dança e teatro do país começa hoje
24-04-2019

A partir desta quarta-feira, 24 de abril, até ao próximo dia 25 de maio, Porto, Vila Nova de Gaia, Matosinhos e Viana do Castelo acolhem o maior festival de artes performativas a nível nacional. DDD+FITEI unem-se para mostrar o que de melhor se cria em dança e teatro ao país e ao mundo, num total de 66 espetáculos.


É um mês intensivo de programação, com especial foco no Brasil ao longo de ambos os festivais. Os artistas do outro lado do Atlântico já chegaram e o "aquecimento" está feito com algumas sessões que antecederam este grande dia de arranque de uma nova era na organização do DDD - Festival Dias da Dança (24 de abril a 12 de maio) e FITEI - Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica (8 a 25 de maio).

Pela primeira vez, os dois eventos têm uma semana comum (8 a 12 de maio) explorando sinergias e partilhando palcos. Tudo somado, são cerca de 70 apresentações, reunindo cerca de uma centena de programadores vindos do estrangeiro para ver o trabalho de, aproximadamente, 650 elementos envolvidos nos vários momentos do DDD+FITEI.

No caso do DDD, destaque para as estreias nacionais de "Looping: Bahia Overdub", de Felipe de Assis, Leonardo França & Rita Aquino, "Acordo", de Alice Ripoll/Cia. Rec; e "Fúria", de Lia Rodrigues.

A oferta do DDD está agrupada nas vertentes DDD IN (espetáculos em sala), DDD OUT/Corpo+Cidade (espetáculos no espaço público), DDD Extra (atividades paralelas, incluindo workshops) e DDD Pro (workshops para profissionais).

Quanto ao FITEI, de entre os 11 espetáculos internacionais e 14 nacionais, "Ella sobre Ella", da uruguaia Marianella Morena, "Yo escribo, Vos dibujás", do argentino Federico León, e "Don Juan esfaqueado na Avenida da Liberdade", de Pedro Gil sobressaem da programação geral. Enquadradas no Foco Brasil, segue-se as apresentações de "Preto", de Márcio Abreu, "Odisseia", pela companhia brasileira Hiato, e "Democracia", do brasileiro Felipe Hirsch.

O DDD+FITEI 2019 vai ter como centro operacional o Teatro Rivoli, onde funcionarão também a bilheteira central DDD e o Meeting Point DDD+FITEI, sendo este no Café Rivoli, que proporcionará cruzamento de artistas, criadores e público em ambiente descontraído.

Estão também já disponíveis várias formas de aceder aos espetáculos, nomeadamente através de passes com preços mais vantajosos, como o caso do passe de 33 euros para três espetáculos DDD e outros três FITEI (todos do Foco Brasil), o passe de sete bilhetes DDD com 50% de desconto e o passe de cinco bilhetes DDD com 20% de desconto.

Além disso, foi previsto estacionamento gratuito no centro comercial La Vie Porto Baixa (junto ao Mercado Temporário do Bolhão) para os detentores de bilhetes para os espetáculos DDD.

Neste primeiro dia de festival, 24 de abril, regista-se a inauguração da exposição fotográfica de Rui Palma, no Teatro Rivoli, às 21 horas. Convidado pelo DDD + FITEI a fotografar os artistas da Semana +, num ambiente intimista e pessoal, o artista visual apresenta o resultado destes encontros reproduzidos em diferentes materiais e expostos em vários recantos do Rivoli.

E, ainda, o espetáculo "Looping: Bahia Overdub", que sobe ao palco do Grande Auditório Manoel de Oliveira às 22 horas. As "festas de largo" de Salvador, no Brasil, e suas contradições são a paisagem predominante da apresentação, que emerge do encontro entre pensamento sonoro e pensamento coreográfico. "Looping" constitui um estudo do tempo: repetição e acumulação. Movimentos de tensão e distensão da cultura, através de procedimentos que organizam sonoridades, corpos e espaços. Assim como nas ruas, o que está em jogo são arranjos coletivos através de uma participação estético-política.

+Info: DDD | FITEI | DDD+FITEI