Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

O Fado vai subir ao palco no novo festival de música da cidade
03-02-2015

Durante dois dias, a cidade do Porto vai ser palco de um novo festival de música, num evento totalmente dedicado ao fado e que será integrado na programação oficial das Festas de São João.


No total, serão 11 palcos que irão acolher mais de 40 fadistas, entre alguns dos mais consagrados nomes da atualidade, mas também a nova geração do fado, com especial atenção para os intérpretes e novos talentos da região Norte.


O Festival Caixa Ribeira estreia-se no Porto a 12 e 13 de junho, é uma iniciativa conjunta da Caixa Geral de Depósitos e da Música no Coração e conta com o apoio da Câmara Municipal do Porto, através da PortoLazer.


O formato estreou-se em Lisboa, com duas edições esgotadas do Caixa Alfama e hoje foi apresentado no Salão Árabe do Palácio da Bolsa, numa cerimónia que contou com as presenças do presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, do presidente do Conselho de Administração da Caixa Geral de Depósitos, Álvaro Nascimento, e do diretor da Música no Coração, Luís Montez.


"Todos os anos procuramos inovar, procuramos trazer coisas novas e esta apresentação é o começo de muitas coisas que irão decorrer nesse mês", avançou o presidente da Câmara do Porto aos jornalistas. Para Rui Moreira, este festival será mais uma forma de aumentar o tempo de permanência dos turistas na cidade. "Nessa altura somos atraentes para o turismo e gostaríamos que as pessoas ficassem o mais tempo possível, porque isso aumenta o consumo, é muito importante para a hotelaria, para os restaurantes, aumenta a atividade", disse.


Luís Montez, diretor da Música no Coração, avançou que até ao final de fevereiro todos os nomes dos artistas serão revelados. "Este festival junta o fado com a cidade, com um sítio histórico, juntamos a parte turística com a música e a restauração envolvente", afirmou o responsável, adiantando que são esperadas cerca de cinco mil pessoas por dia espalhadas pelos vários locais.


Um dos cabeças de cartaz, Camané, presente na apresentação, recordou que na sua juventude cantou nas casas de fado do Porto e elogiou o público portuense. " O Porto é uma cidade que deu um contributo enorme para o fado, com grandes compositores, grandes poetas, guitarristas e este espetáculo é uma forma de gratidão do fado para com a cidade do Porto", afirmou.


Para esta primeira edição do Caixa Ribeira estão já confirmados alguns dos nomes mais relevantes do fado, elevado em 2011 à categoria de Património Cultural e Imaterial da Humanidade: Camané, Carminho, Kátia Guerreiro e Carolina.

 

A Ribeira do Porto, também ela classificada como Património da Humanidade pela UNESCO, será o epicentro deste festival, que se distribuirá por 11 palcos: Palácio da Bolsa (Salão Árabe e Pátio das Nações), Mercado Ferreira Borges (Hard Club 1 e 2), Parque de Estacionamento da Alfândega (Palco Caixa), Igreja de São Francisco, Cais da Estiva (Fado à Janela), Cave do Cais da Estiva, antiga Junta de Freguesia de São Nicolau e Barco no Douro.


O bilhete único para os dois dias tem o preço de 28€, passando a 35€, se comprado nos dias do Festival. Os clientes da Caixa terão um desconto de 10% na compra de bilhetes com cartão da Caixa no Palácio da Bolsa.