Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Nova Unidade de Saúde do Cerco estará pronta até ao final do próximo ano
20-12-2017
Já foi lançada a empreitada para construção da nova Unidade de Saúde do Cerco, publicada ontem em Diário da República. Com um prazo de execução de 270 dias, a obra vai remodelar parte das instalações da antiga Escola Básica e Secundária do Cerco, em Campanhã, e deverá ficar concluída até ao final de 2018.

As obras vão realizar-se no âmbito de um memorando de entendimento assinado, em setembro de 2016, entre a Câmara do Porto e o Ministério da Saúde, em que a autarquia assumiu o encargo da construção da nova Unidade de Saúde de Ramalde e o Governo comprometeu-se a requalificar a Unidade de Saúde da Batalha (já em curso) e a construir a nova Unidade de Saúde em Campanhã, no Cerco.

Segundo a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N), em comunicado divulgado pela agência Lusa, a infraestrutura vai servir cerca de 14 mil utentes da zona oriental do Porto, e representa um investimento na ordem dos 1,5 milhões de euros (remodelar infraestruturas e dotar com equipamentos).

O projeto vai ser financiado em 85% por fundos comunitários e as futuras instalações vão acolher a atual Unidade de Saúde Familiar (USF) "Novo Sentido", que funciona num espaço "exíguo e desadequado".

A Unidade de Saúde vai incluir dois módulos: um de Cuidados na Comunidade (com três gabinetes médicos, um polivalente e um de enfermagem) e outro de Saúde Familiar (nove gabinetes médicos, três de enfermagem, duas salas de tratamento, dois gabinetes de vacinas e injetáveis e quatro gabinetes de saúde maternoinfantil).

Esta infraestrutura inclui-se nos objetivos da Carta de Equipamentos de Saúde Primários do Porto, um documento promovido pela Câmara do Porto e ARSN que identifica as alternativas e prioridades do setor da saúde no concelho.