Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

NOS Primavera Sound: já arrancou o festival feliz
07-06-2018

É com o recinto praticamente esgotado que começa o primeiro dia do NOS Primavera Sound. A edição de 2018 pode ter chegado com o tempo cinzento, mas o verde do Parque da Cidade e o azul-mar no horizonte são as cores que pincelam o ambiente. Num festival frequentado por gente feliz, os bons momentos e a boa música vivem-se, sem margem para dúvidas, em qualquer circunstância, como se constata na galeria de fotos.


Os primeiros concertos e a circulação de milhares de pessoas no recinto do NOS Primavera Sound já começou. À sétima edição do evento, a chuva abençoou a entrada dos primeiros festivaleiros às 16 horas, mas logo se despediu para dar tréguas à música e ao convívio.


A atmosfera do Parque da Cidade faz-nos pensar que não há mesmo nada que comprometa o bom ambiente que é já a imagem de marca deste festival, como se pode apreciar pela nossa galeria de fotos.


Num cartaz cada vez mais eclético, onde ganha espaço o rock independente, o indie, o folk, a música eletrónica e o hip-pop, o público está disposto a percorrer os quilómetros que forem necessários entre cinco palcos montados no recinto, de acordo com a sua agenda musical.


Na zona da restauração, as grandes tendas garantem o conforto imprescindível ao tempo da refeição. Aqui, há também um convívio muito peculiar que se proporciona: eis-nos perante uma espécie de Torre de Babel, tal é profusão de línguas que se entrecruzam em ondas hertzianas, mais ou menos audíveis.


Nos palcos e nos relvados, que chama públicos de diferentes nacionalidades reina o espírito de união e comunhão, em torno da música e do conceito Primavera Sound, uma marca internacionalmente cobiçada, mas que só no Porto quis assentar arraiais, para além da cidade de Barcelona, onde nasceu.


Entre os destaques da noite, já subiu ao palco o trovador Father John Misty. A neozelandesa Lorde prepara-se para subir ao Palco NOS às 22 horas e os portugueses Moullinex chegam às 23h20 ao Palco Super Bock.