Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

NOS Primavera Sound começa a 7 de junho nos bares da Baixa do Porto
29-05-2017
O NOS Primavera Sound decorre de 8 a 10 de junho no Parque da Cidade, mas começa de véspera nos bares da Baixa. Tem como linhas de força ser um festival cada vez mais amigo do ambiente, disponibilizar novidades tecnológicas e apresentar uma série de nomes que o confirmam como referência entre os eventos musicais do país, e não só.

A noite da quarta-feira que antecede o arranque do festival vai animar ainda mais o centro da cidade e assumir reforçadamente "o seu papel na transformação do Porto enquanto um dos mais dinâmicos centro urbanos europeus", como sublinhou Nuno Lemos, administrador executivo da Porto Lazer, na conferência de imprensa que a organização deu ao final desta manhã, no Hard Club, para apresentar algumas das novidades.

O Hard Club vai ser, aliás, o centro nevrálgico do festival e onde os portadores do passes gerais poderão trocá-los "para evitar as filas no Parque da Cidade no dia da abertura", adiantou o diretor executivo do NOS Primavera Sound, José Barreiro, apontando que se juntam a este espaço o Café Au Lait, o Maus Hábitos, o Plano B e o Passos Manuel. Aí, à semelhança do que aconteceu em anos anteriores nas Virtudes e nas Fontaínhas, o festival começa a aquecer logo pelas 22 horas de 7 de junho com uma programação extra que conta com Las Bestecs, Jessy Lanza, Shura, The Black Madonna, Lince, Juana na rap, MVRIA, DJ Lynce, O Gringo Sou Eu, Hugo Casablanca, Brutus, Mueran Humanos, DJ Nuno Lopes, La Flama Banca DJ set, Surma, Borusiade, Rui Maia, Moscoman, UN0, Boris Chimp 504, The Suicide of Western Culture e DJ Kitten.

Festival mais "verde"

Com uma lotação de 30 mil pessoas por dia e os passes gerais já esgotados desde o passado dia 15 - até porque a programação (que tem como cabeças-de-cartaz Bon Iver, Aphex Twin e Justice, tinha sido antecipadamente revelada) - o NOS Primavera Sound espera seguir a tradição das cinco edições anteriores e voltar a quebrar recordes de público. Por isso, a organização não descurou os detalhes que, parelamente às bandas convidadas, fazem também o sucesso do evento. É o caso da questão ambiental, que continua a ser uma grande preocupação e, por exemplo, todos os wc estarão desta vez ligados à rede pública de saneamento, o que vem fortalecer a candidatura feita junto do Ministério do Ambiente para a atribuição do "Selo Verde".

No mesmo sentido, e se no ano passado foi introduzida a novidade dos copos reutilizáveis, o NOS Primavera Sound vai agora ainda mais longe e promete "menos papel e menos plástico", designadamente com a introdução de embalagens biodegradáveis feitas em fibra natural. Está também previsto um forte combate às beatas de cigarro, em que cada visitante terá uma ação decisiva, para o que haverá distribuição de cinzeiros portáteis.

App e baterias móveis

Outras novidades chegam no domínio tecnológico. Com a NOS a assumir novamente o papel de patrocinador principal, Rita Torres Baptista, da comunicação do operador, avança querer elevar "o espírito de compromisso com o festival" e "levar as pessoas àquilo que as apaixona", leia-se a música e a comunicação. Ou seja, tendo presente que 6 milhões de portugueses gostam de música, 2 milhões são mesmo fãs e 1,8 milhões vão a festivais, a NOS volta a apostar forte para favorecer "a experiência de música antes, durante e depois do festival".

Entre as principais novidades deste ano está a aplicação móvel que permitirá planear a acompanhar ao momento tudo o que se passa no festival. Já está disponível para Android e, muito em breve, sê-lo-á também para iOS.
Outra prioridade para Rita Torres Baptista é evitar que alguém fique sem bateria no telemóvel, pelo que serão disponibilizados power banks sob caução (5 euros para clientes NOS e 10 euros para não clientes), os quais poderão constantemente ser trocados logo que estejam descarregados.

Além disso, às "clássicas" coroas de flores e toalhas de piquenique em saco de pano, a NOS acrescenta desta vez um espaço chill out no Parque da Cidade, somando-o à habitual "Casa de Campo".

Bom tempo e Mini NOS

Entretanto, o administrador da Porto Lazer sublinhou que tem estado atento às previsões meteorológicas e, tendo em conta a chuva que caía sobre o Porto à hora da conferência de imprensa de hoje, avançou que "vai estar bom tempo durante o festival!".

Nuno Lemos salientou ainda o caráter alargado do NOS Primavera Sound em termos geográficos mas também de públicos, garantindo que "mantém o seu foco nas famílias e nos mais pequenos, e vai ainda oferecer uma programação especial para a Festa da Criança, que decorre de 1 a 4 de junho, nos Jardins do Palácio de Cristal". Mão Verde (Capicua e Pedro Geraldes), Throes + The Shine e a comemoração dos 50 anos de Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band dos Beatles são as propostas, que vão atuar no Palco Mini NOS.

Saiba aqui tudo sobre o NOS Primavera Sound 2017.