Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Noite de performances assinala vinda da Colecção António Cachola ao Porto
06-12-2017
Um conjunto de performances no Passos Manuel assinala, na noite do próximo sábado, a inauguração da exposição realizada a partir do acervo da Colecção António Cachola, que acontece nessa mesma tarde na Galeria Municipal do Porto.
 
Com início às 23 horas, o evento conta com as seguintes performances:
Nuno da Luz - Crossmodal correspondences, 2017
Vera Mota - Afinação de Piano em Lá 440Hz (Steinway, Modelo D), 2012
Carla Filipe - Verbalização num lugar sem verbo, 2017
Joana Escoval - Living Metals, 2017
Diana Policarpo - Panacea, 2017
Pedro Barateiro - The Opening Monologue, 2017
Von Calhau! - concerto com a participação especial de Vasco Alves
DJ Lynce

Assinala-se assim também na Baixa a inauguração da exposição "10000 anos depois entre Vénus e Marte", que está marcada para sábado, mas às 16 horas, na Galeria Municipal do Porto (Jardins do Palácio de Cristal). Com curadoria de João Laia, reúne um conjunto de artistas de diferentes gerações e apresenta pela primeira vez uma série de novas aquisições da Colecção António Cachola.

No Porto, estarão obras de Ana Manso, Ana Santos, André Romão, Andreia Santana, António Júlio Duarte, Carla Filipe, Catarina Dias, Claire Santa Coloma, Diana Policarpo, Diogo Evangelista, Fernanda Fragateiro, Filipa César, Francisco Tropa, Gabriel Abrantes, Gil Heitor Cortesão, Joana Escoval, Joana Vasconcelos, João Maria Gusmão e Pedro Paiva, João Queiroz, João Tabarra, Luís Lázaro Matos, Mariana Caló e Francisco Queimadela, Mariana Silva, Marta Soares, Mauro Cerqueira, Musa paradisiaca, Nuno da Luz, Pedro Barateiro, Pedro Neves Marques, Rita Ferreira, Vasco Araújo e Von Calhau! 

Exclusivamente constituída por obras produzidas por artistas portugueses, que começaram a expor pública e regularmente a partir de 1980, a Colecção António Cachola é uma relevante coleção privada de arte contemporânea em depósito no Museu de Arte Contemporânea de Elvas (MACE) e no Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado. Inclui pintura, desenho, gravura, escultura, instalação e vídeo, perfazendo um total superior a 650 obras de mais de uma centena de autores.

"10000 anos depois entre Vénus e Marte"
sábado - 9 de dezembro
16h00 - inauguração
23h00 - performances