Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Neste Porto não há lugares proscritos ou a nova vida do Bairro São João de Deus
20-02-2017

Na freguesia de Campanhã, onde outrora o Bairro de São João de Deus era considerado um lugar "proscrito", a Câmara do Porto está a construir habitação social de qualidade. Rui Moreira foi hoje ao local, numa altura em que a primeira fase está quase concluída e, brevemente, se iniciará a segunda.


A construção das primeiras 13 habitações do novo Bairro São João de Deus, agora quase concluída, insere-se num programa de investimento de 26 milhões de euros na requalificação e construção de habitação social na freguesia de Campanhã. As obras iniciaram-se em abril e deixam agora a perceber opções arquitetónicas e urbanísticas de ponta.


Neste bairro, a maioria dos blocos de habitação social foi demolida pelo anterior executivo camarário. Mas o plano de Rui Moreira e do seu vereador da habitação e ação social, Manuel Pizarro, está a fazer com que aquela zona, considerada "proscrita", salte para a liderança da qualidade de vida em bairros de habitação socal no país.


Além de Rui Moreira e Manuel Pizarro, também Filipe Araújo, o vereador da Inovação e Ambiente, esteve presente, bem como Ernesto Santos, presidente da Junta, nascido precisamente no Bairro São João de Deus, que não evitou lembrar: "esta zona, abandonada durante décadas, vê finalmente alguém olhar para ela e cumprir o que prometeu".


À construção das 13 habitações, agora em fase de acabamentos, segue-se uma segunda etapa, que consiste na transformação dos atuais 144 fogos em 84 novas habitações. No final, o Bairro de São João de Deus será constituído por 97 casas e estará totalmente requalificado. Por opção, os moradores do bairro manter-se-ão a viver no local, em contentores já instalados, enquanto a requalificação durar, embora lhes tenha sido dada a escolha de serem mudados provisória ou definitivamente para outros bairros.


A reabilitação do bairro São João de Deus não se esgota na construção e reabilitação de habitações. Também o espaço público está a ser intervencionado, redefinindo-se o seu desenho urbano e paisagismo. O projeto prevê a abertura de uma nova artéria, garantindo a ligação entre a Rua 2 e a Rua 5, com a Rua 1. Esta ligação permitirá um novo acesso às habitações construídas.


Estão ainda a ser executadas redes de infraestruturas de abastecimento de água, de drenagem de águas residuais domésticas e pluviais, de gás natural, de telecomunicações e de iluminação pública.