Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Músicos portuenses atuam em festival de música underground no Uganda
14-08-2018

HHY & The Macumbas vão ao Nyege Nyege, o maior festival de música da África Oriental, que decorre ao longo de quatro dias numa floresta nas margens do rio Nilo, próximo da nascente no lago Vitória.


A formação portuense HHY & The Macumbas, liderada por Jonathan Uliel Saldanha, vai participar com uma performance no festival de música underground Nyege Nyege, que se realiza junto à da cidade de Jinja, no Uganda, entre 6 e 9 de setembro.

"A performance vai contar com um ensemble muito especial constituído por extraordinários músicos de Kampala [capital do Uganda] durante uma residência", revelou aquele coletivo musical do Porto, citado pela Lusa.

Apontado como "um dos melhores festivais do século XXI", o Nyege Nyege conta também com a participação da designer gráfica de origem suíça e congolesa Soraya Lutangu, que se dedica à produção musical com o nome artístico Bonaventure e está radicada em Lisboa, das norte-americanas Jlin e Juliana Huxtable, o alemão Errorsmith ou os britânicos Giant Swan, entre muitos outros, em particular oriundos de países como Quénia, Zâmbia, Nigéria ou Tanzânia.

"O festival tem lugar numa floresta de cortar o fôlego nas margens do rio Nilo, a minutos da nascente, e inclui uma aldeia de campismo este ano. Apesar de atrair uma audiência global e de ser internacional de raiz, Nyege Nyege não é o clássico ?festival de destino'; é acima de tudo uma celebração da cultura do Uganda e da música africana. Foi votado o evento do ano do Uganda em 2017", descreve-se na página do evento.

O novo álbum dos HHY & The Macumbas, de nome "Beheaded Totem", vai ser lançado em 28 de setembro pela House of Mythology e é descrito pelo grupo como "uma paisagem sonora de percussão, sopros, baixo e eco que se situa algures entre o dub e a danse macabre". Tem fotografia na capa de André Cepeda, masterização de Frederic Alstadt e a "alma sonora" de Jonathan Uliel Saldanha, Filipe Silva, João Pais Filipe, Brendan Rui Hemsworth, Frankão Ogringo, André Rocha, Álvaro Almeida, Nuno Aragão, José Arantes, Nicolus Ripitus e Dayana Lucas.