Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Música no coração das crianças
28-09-2015

O Porto irá debater dia 30 de setembro, quarta-feira, a importância da música para as crianças com cancro, uma iniciativa da responsabilidade da Fundação Infantil Ronald McDonald (FIRM).


Inserida nas comemorações do Dia Europeu das Fundações e dos Doadores e do Dia Mundial da Música, o programa de debate destaca "A importância da música para uma criança com doença oncológica - o exemplo 'Caixinha da Música' da Casa Ronald McDonald do Porto".

 

A participar no evento estarão nomes ligados à área da saúde, da música e familiares. José Manuel Lemos Pavão, pediatra e membro do conselho consultivo da FIRM, Susana Novais Almeida, psicóloga na Unidade de Pediatria do IPO-Porto, Ana Lídia Dias, aluna do 5.º ano de medicina e maestrina do Coro dos Pequenos Cantores da Maia e José Fuentes, pai de uma criança que esteve na Casa Ronald McDonald do Porto, são algumas das presenças que marcarão este debate.

 

A organização refere, segundo informação adiantada pela Lusa, que os elementos vivos da música, como o ritmo, as cadências e as harmonias, aumentam a saturação de oxigénio, melhoram a qualidade do sono, aumentam o apetite até nos prematuros e reduzem a ansiedade.

 

O projeto "Caixinha de Música" resultou da iniciativa do maestro Victor Dias, que, como voluntário, se disponibilizou para convidar um conjunto de músicos e artistas, para que "todos os meses as crianças e famílias a residir na Casa Ronald McDonald do Porto tenham a possibilidade de interromper a sua rotina para entregar os seus ouvidos à música".

 

A FIRM é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), de reconhecida Utilidade Pública, que tem como missão a promoção e realização de iniciativas que contribuam para o bem-estar das crianças e suas famílias.