Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Município tem nova casa para a inovação na cidade
13-03-2019

As novas instalações do Porto Innovation Hub foram apresentadas à cidade nesta terça-feira. Localizado no Largo do Doutor Tito Fontes, no centro do Porto, o projeto criado pelo Município através da Associação Porto Digital, vai reunir no mesmo espaço players do ecossistema da inovação e do empreendedorismo da cidade.


No mesmo edifício onde a Critical Software, uma das maiores empresas tecnológicas do país, escolheu instalar-se há dois anos, fica agora sediado o Porto Innovation Hub (PIH), projeto que nasceu no final de 2016 num espaço temporário localizado na Rua do Dr. António Luís Gomes, no antigo edifício dos CTT.

Se, naquele local, o desiderato passava por aflorar a reflexão sobre o tema "A Inovação na transformação da Cidade", através da promoção de debates com especialistas, académicos e sociedade civil, que juntaram mais de 2.000 cidadãos, nesta nova morada os objetivos também escalam.

Na sessão que convocou a cidade a conhecer o "novo" Porto Innovation Hub, e que contou com casa cheia, Rui Moreira afirmou que o Município, com os meios que disponibiliza através da Associação Porto Digital, pretende que "a inovação passe a ser algo tão presente no trabalho diário que se torne, assim, um instrumento de eleição para abordar os desafios que nos são colocados todos os dias".

Porque, como defendeu, "as cidades do futuro serão aquelas que conseguem fazer uso da capacidade de se abrirem, de trabalhar em conjunto, de recorrer à inovação e criatividade, tornando-se assim mais eficientes e sustentáveis".


No Porto Innnovation Hub essa premissa é, desde logo, evidente, com a disponibilização de uma parte do espaço às organizações da cidade. No local, fica instalada a Associação Porto Tech Hub "ou ainda a recente Porto.AI - uma representação em Portugal da plataforma internacional city.ai, com a missão de promover o Porto como um hub de inteligência artificial", informou o autarca.

Referindo-se ao PIH como importante braço "de uma plataforma agregadora" de investigadores, empreendedores, investidores e, acima de tudo, de cidadãos e organizações da cidade, o presidente da Câmara do Porto acrescentou que o novo espaço "será também o ponto central no trabalho desenvolvido no âmbito da iniciativa ScaleUpPorto".

Como exemplos concretos desta estratégia municipal, cujo Manifesto tem por objetivo contribuir para o desenvolvimento do ecossistema de empreendedorismo, surgem projetos como a Convocatória Aberta do ScaleUp Porto, um toolkit (guia) de investimento na cidade ou ainda um mapa dinâmico que reúne o ecossistema tecnológico da Região, entre outros.

Na cerimónia de abertura do PIH, o vice-presidente da Câmara do Porto, Filipe Araújo, disse ainda que este novo espaço físico permite posicionar o Município "como um facilitador e um indutor da inovação na cidade".

O também vereador do Pelouro da Inovação e Ambiente entende que o Porto Innovativon Hub "deverá continuar a funcionar como espaço-âncora da inovação da cidade". Como tal, "aqui se perspetivam existirem exposições que mostram a capacidade das várias instituições da cidade no que toca a inovação, entre as quais a própria Câmara Municipal que hoje participa ativamente em diversos projetos europeus muito interessantes". E Rui Moreira concluiu que "o Porto quer ser esta cidade de futuro".