Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Município quer ceder 10 viaturas à PSP para reforçar o patrulhamento na cidade
06-07-2019

A cedência de 10 veículos ligeiros à PSP visa apoiar os Programas de Proximidade promovidos pela PSP e mitigar os problemas da segurança decorrentes do crescimento do turismo, tornando mais eficaz o patrulhamento da cidade. A proposta é votada na segunda-feira, em reunião de Executivo municipal.


O protocolo estabelecido entre o Município do Porto e a Polícia de Segurança Pública terá a duração de oito anos, "podendo ser automaticamente renovável por períodos de um ano, até ao máximo de quatro renovações", refere a proposta do vice-presidente da Câmara do Porto, Filipe Araújo.

Como elucida o documento assinado pelo também vereador do Pelouro do Ambiente e Inovação, o número de viaturas atende "às necessidades operacionais identificadas pelo Comando Metropolitano da PSP do Porto para o robustecimento do Modelo Integrado de Policiamento de Proximidade (MIPP)", assim como às ações policiais "decorrentes de investigações criminais de proximidade".

Entre os programas de proximidade da PSP destacam-se as Equipas do Programa Escola Segura (EPES) e as Equipas de Proximidade de Apoio à Vítima (EPAV), bem como o projeto pioneiro a nível nacional do Gabinete de Apoio e Informação à Vítima (GAIV) e a respetiva Equipa Especializada de Intervenção com vítimas de Violência Doméstica (EEIVD).

A colaboração estreita entre a Câmara do Porto e a Polícia de Segurança Pública tem sido de resto fomentada. No final do ano anterior, já tinha sido celebrado um contrato interadministrativo, em que se estabelecem os princípios de regulação da coordenação operacional entre o Comando Metropolitano do Porto e a Polícia Municipal do Porto.