Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Melhores do mundo da vela disputam europeu no Porto à procura de Tóquio 2020
19-05-2019
Muitos vêm à procura de passaporte para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. Os melhores velejadores do mundo da classe olímpica Laser estão em competição nas águas da Frente Atlântica até 25 de maio para disputar o título europeu na classe.

Há 320 embarcações de 53 nacionalidades, distribuídas pelas três principais categorias em título: Laser Standard (seniores masculinos), Laser Radial (seniores femininos) e Laser Radial Open (todas as idades e géneros). Portugal está representado por 35 velejadores nas três categorias.  

Porto, Matosinhos e Vila Nova de Gaia uniram-se num projeto desportivo internacional comum que está a ser disputado todo em mar, em dois campos de regata: um frente às praias de Vila Nova de Gaia e outro ao largo das cidades do Porto e de Matosinhos.

Embora o campeonato seja europeu, a prova é aberta a todas as nacionalidades, sendo que, entre os inscritos, encontram-se países como os Estados Unidos, as Ilhas Seicheles, a China, a Austrália ou a Nova Zelândia.

Entre terra e mar, estão envolvidas mais de 70 pessoas na organização, que é repartida pela Academia de Vela BBDouro e pela Douro-Marina em parceria com os três municípios.

Com a previsão de "vento Norte" para os dias do campeonato Europeu, adivinha-se um espetáculo único de vela entre Leixões e a Praia de Salgueiros, em Vila Nova de Gaia, bem como na entrada da barra na foz do Douro.

O Laser é um barco olímpico e as regatas são disputadas apenas por um velejador. Conhecido por ser uma embarcação que exige muito da capacidade física do tripulante, o Laser é considerado o barco de regata mais popular do mundo, com mais de 200 mil embarcações espalhadas por 140 países.

A cerimónia de abertura está marcada para o final da tarde deste domingo, 19 de maio, na Douro Marina, onde serão içadas as bandeiras dos vários países inscritos na prova.