Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

APP's para uma 'smart city'
30-06-2015

Chegaram ao fim as 24h do Hackacity, promovido pela 7 Graus, em parceria com Câmara Municipal do Porto, a FutureCities, a Lunacloud, a ubiwhere, o Porto Design Factory e o Instituto Pedro Nunes.


Os participantes, que tiveram acesso a dados nunca antes conhecidos pelo público em geral, dedicaram-se a ajudar a melhorar a vida na cidade e a potenciar o conceito 'smart city', criando apps  prontas a serem lançadas em modo beta, em 24 horas.


O encerramento do Hackacity contou com as apresentações dos vários projetos, e com o anúncio dos vencedores por parte do júri. Do pódio constam a Living Porto (3º lugar), uma plataforma que compila informação e que permitiria ao utilizador comum ter acesso aos dados e assim ajustar os seus negócios - um potencial boost para os negócios locais; a Derivá (2º lugar), uma app que disponibiliza informação sobre locais a visitar e que mediante algumas características selecionadas, envia indicações para o utilizador 'navegar à deriva' - uma nova forma de conhecer a cidade; e a vencedora Urbancare (1º lugar), uma app voltada para a vertente saúde que utilizou como exemplo a análise de dados relativos à radiação UV - locais com maior impacto e o que fazer mediante essa informação.


Presente na final do evento esteve o vereador da Inovação e Ambiente da autarquia do Porto, que considerou que 'a cidade é um laboratório vivo'. De acordo com Filipe Araújo, 'o olhar das pessoas que habitam a cidade é infinitamente mais importante do que qualquer outro, porque são as pessoas que realmente sabem o que é necessário fazer e melhorar'.