Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Meia-maratona do Porto cada vez mais internacional
18-09-2016

O atleta do Uganda, Daniel Rotich, e a japonesa Nao Isaka venceram hoje a 10.ª edição da Meia Maratona do Porto, na qual Filomena Costa foi terceira classificada no setor feminino.


A festejar a sua décima edição, a Meia Maratona do Porto correu-se este domingo ao longo das marginais do Porto e de Vila Nova de Gaia, juntando 11 mil participantes no conjunto da corrida principal (21 km) e na Mini Maratona (6 km), esta sem fins competitivos e abertas a todas as classes etárias.


Com uma dimensão cada vez mais internacional, o evento organizado pela Runporto, com o apoio das Câmaras Municipais do Porto e de Vila Nova de Gaia, teve este ano mais de mil atletas estrangeiros à partida, em representação de nada menos do que 41 países.


No setor masculino, e tal como acontece invariavelmente desde 2007, os atletas africanos monopolizaram o pódio. Porém, a vitória pertenceu desta feita a um atleta do Uganda, Daniel Rotich, que na reta final surpreendeu os seus vizinhos do Quénia, imbatíveis na Meia Maratona do Porto desde 2012.


Mesmo sem conseguir bater o recorde da prova, que se mantém em 59m30s (marca conseguida pelo eritreu Zersenay Tadese, em 2011), Daniel Rotich cortou a meta em 1h00m59s, um excelente registo tendo em conta o muito calor que se fez sentir ao longo deste domingo na cidade do Porto, com temperaturas acima dos 25 graus.


Pius Maiyo Kirop (1h01m54s) e Sammy Kurui (1h01m55s), ambos do Quénia, completaram o pódio. O também queniano Emmanuel Bor, vencedor da última edição, não foi além do quarto lugar.


O melhor português, no 13.º lugar, foi Carlos Costa, do CD São Salvador do Campo, com o tempo de 1h08m08s, seguido de José Moreira, do Sporting Club de Portugal, no 14.º posto.


FILOMENA COSTA NO PÓDIO DA CORRIDA FEMININA


Na prova feminina, e tal como já tinha sucedido em 2015, então por intermédio de Sara Moreira (2ª), Portugal voltou a marcar presença no pódio da Meia Maratona do Porto, agora por intermédio de Filomena Costa, do Académico Jardim da Serra, que cortou a meta na terceira posição, com o tempo de 1h13m27s.


A vitória pertenceu à japonesa Nao Isaka, com 1h12m12s, seguindo-se a queniana Martha Akeno, com 1h13m16s. Vera Nunes foi a segunda melhor portuguesa no sexto lugar, com o tempo de 1h15m38s.


Apadrinhada este ano pelo queniano Paul Tergat, pentacampeão mundial de corta-mato e ex-recordista mundial da meia maratona e da maratona, a décima edição da Meia Maratona do Porto ficou ainda marcada pela homenagem a Paulo Guerra, múltiplo campeão europeu de crosse e medalha de bronze no mundial da especialidade na edição de Belfast, em 1999.


O presidente da Assembleia Municipal do Porto, Miguel Pereira Leite, entregou as medalhas aos vencedores na cerimónia que decorreu junto à zona da chegada, no Largo do Calém.


CLASSIFICAÇÕES


Masculinos:

1º Daniel Rotich (Uganda), 1h00m59s

2º Pius Maiyo Kirop (Quénia), 1h01m54s

3º Sammy Kurui (Quénia), 1h01m55s

4º Emmanuel Bor (Quénia), 1h02m15s

5º Moses Kipkosgei Bowen (Quénia), 1h02m53s

6º Lucas Rotich (Quénia), 1h03m27s

(...)

13º Carlos Costa (CD São Salvador do Campo), 1h08m08s

14º José Moreira (Sporting), 1h08m27s

15º Miguel Borges (Benfica), 1h08m27s


Femininos:

1º Nao Isaka (Japão), 1h12m12s

2º Martha Akeno (Quénia), 1h13m16s

3º Filomena Costa (Ac. Jardim da Serra), 1h13m27s

4º Ayumi Kubo (Japão), 1h15m01s

5º Emma Linda Quaglia (Itália), 1h15m36s

6º Vera Nunes (Portugal), 1h15m38s

7º Catarina Ribeiro (Benfica), 1h16m24s

8º Daniela Cunha (Sporting), 1h17m52s