Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Maratona do Porto estreia em novembro Bronze Label e integra o circuito mundial
17-10-2018
A EDP Maratona do Porto, que acontece a 4 de novembro, foi distinguida pela International Association of Athletics Federations (IAAF) com o grau Bronze Label Road Race, colocando-a como uma das melhores provas do circuito mundial de maratonas.

Esta certificação internacional, atribuída pelo maior organismo internacional do setor, resulta da elevada qualidade do ponto de vista técnico da maratona portuense, uma prova que está homologada para tempos de acesso a campeonatos europeus, do mundo e Jogos Olímpicos.

Além da entrada para o calendário oficial da IAAF, o evento vai neste ano acolher o Campeonato Nacional de Maratona, prova organizada pela Federação Portuguesa de Atletismo que estava integrada na Maratona de Lisboa.

A prova terá o mesmo percurso do ano passado com os clássicos 42195m, que contando já com mais de 7000 inscritos. Para além da distância da maratona, haverá a Family Race, com 15 km, e a Fun Race, uma caminhada com a distância de 6 km destinada a todas as classes etárias e sem fins competitivos. A organização, a cargo da Runporto, com apoio municipal, espera ultrapassar os 15000 participantes, no total.





Recorde-se que o crescimento da EDP Maratona do Porto tem sido exponencial, desde a sua primeira edição. Em 2004, estreou-se com 317 atletas e em 2017 juntou mais de seis mil participantes, tornando-se na maior maratona de Portugal. E a popularidade internacional também tem acompanhado estes números: 27% dos inscritos em 2017 eram estrangeiros, provenientes de 69 países.

A 15.ª EDP Maratona do Porto realiza-se a 4 de novembro e tem partida marcada para as 9 horas junto ao Sealife Porto e chegada no Queimódromo (Parque da Cidade do Porto).

Uma prova solidária

A Family Race, com 15 km de extensão será, nesta edição, uma corrida solidária em que os fundos vão reverter para a Associação Portuguesa de Osteoporose.


+Info: Site oficial.