Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Maratona do Porto bate neste ano o recorde de inscritos e de estrangeiros
23-10-2018

A 15.ª edição da EDP Maratona do Porto, agendada para o primeiro domingo de novembro, dia 4, deverá superar os 16 mil participantes e duplicar o número de estrangeiros presentes, revelou hoje a Runporto, organizadora da prova, durante a conferência de imprensa realizada na Câmara do Porto.


No ano em que exibe pela primeira vez o grau bronze atribuído pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF), distinção que a coloca entre as melhores provas do circuito mundial, a Maratona do Porto prepara-se para alcançar mais um recorde na manhã do próximo dia 4, ultrapassando pela primeira vez os 16 mil participantes no conjunto das três vertentes da corrida.


Apresentada hoje no Salão Nobre da Câmara do Porto, a 15.ª edição da Maratona do Porto confirma, assim, o estatuto de maior maratona de Portugal, quer em número de participantes quer em número de atletas estrangeiros, já que praticamente 30% dos inscritos são atletas internacionais, em representação de 71 nacionalidades.


Entre os países estrangeiros com maior representação na Maratona do Porto destacam-se a França, com 970 atletas inscritos, seguindo-se a Espanha (535), a Itália (221), o Brasil (213) e a Alemanha (158). Merecem ainda realce as representações do Reino Unido (146 atletas), Bélgica (147), Holanda (103) e Polónia (100).


De acordo com Jorge Teixeira, diretor geral da Runporto, "estamos a falar de praticamente 7 000 estrangeiros que se deslocam propositadamente ao Porto para correr ou acompanhar esta prova e que, segundo a nossa estimativa, vão gerar cerca de 12 milhões de euros de retorno direto na economia local".


"A Maratona do Porto tem sido, de facto, um fenómeno ao longo destes últimos anos, não só pelo crescimento exponencial do seu número de participantes, como também pelo envolvimento crescente da população, o que só prova que este é um desporto verdadeiramente inclusivo, aberto à participação de todos, independentemente do seu género e da sua condição social", sublinhou, por sua vez, Rui Moreira.


O presidente da Câmara do Porto enalteceu ainda "a estratégia integrada" das três cidades que constituem a Frente Atlântica do Porto "no apoio à organização de grandes eventos desportivos, como é o caso desta Maratona do Porto. Uma prova que chega neste ano à sua 15.ª edição, mas que certamente vai continuar por muitos mais anos".




Além de ser a única prova homologada em Portugal para a obtenção de mínimos que permitem o acesso a campeonatos europeus, mundiais e jogos olímpicos, a Maratona do Porto integrará este ano o Campeonato Nacional de Maratona, numa parceria com a Federação Portuguesa de Atletismo.


A par da corrida principal, na clássica distância de 42 195 metros, a EDP Maratona do Porto integrará ainda mais duas provas: a APO Family Race Corrida dos Ossos Saudáveis, com 15 km de extensão e uma vertente solidária a favor da Associação Portuguesa de Osteoporose; e a Fun Race, uma caminhada com a distância de 6 km destinada a todas as classes etárias e sem fins competitivos.


A 15.ª edição da EDP Maratona do Porto realiza-se a 4 de novembro próximo, tendo partida marcada para as 9 horas junto ao Sea Life Porto e chegada no Queimódromo.