Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Mais quatro lojas históricas passam a integrar a longa lista do Porto de Tradição
27-01-2020

Leitaria Quinta do Paço, Salão de Chá Aviz (Café Aviz), Casa dos Neves, Peninsular - Papelaria & Artes Gráficas juntam-se, a partir de hoje, ao programa municipal Porto de Tradição, que protege lojas e entidades históricas na cidade. Com estas quatro novas entradas, a lista ascende aos 85 estabelecimentos comerciais reconhecidos, incluindo duas entidades (Teatro de Sá da Bandeira e Orfeão do Porto).


O Executivo Municipal aprovou por unanimidade, na manhã desta segunda-feira, o reconhecimento daquelas quatro candidaturas, propostas pelo vereador da Economia, Turismo e Comércio, Ricardo Valente.

Trata-se assim de mais um conjunto de processos concluídos com sucesso, depois de os estabelecimentos em causa terem sido sujeitos a uma avaliação da equipa técnica e ao respetivo parecer da comissão de acompanhamento, que lhes possibilitou alcançar pontuação suficiente para serem reconhecidos no âmbito do Porto de Tradição.

Decorrido o período de consulta pública e a pronúncia favorável da respetiva Junta de Freguesia, fica assim concluído reconhecimento, elevando o Município do Porto para 85 o número de estabelecimentos e entidades protegidos pelo Porto de Tradição, programa que nasceu em 2016 com o intuito de preservar a identidade histórica do comércio da cidade.

Há sensivelmente um ano, foi aprovado o Regulamento do Porto de Tradição que, entre outros aspetos, estabelece como critérios de elegibilidade, a longevidade das lojas; a continuidade geracional na família ou empregados; a origem dos produtos comercializados; a existência de marca registada e produtos identitários; a viabilidade financeira; a arquitetura e imagem interior e exterior; o espólio/acervo; a notoriedade do estabelecimento para a história, arte e cultura da cidade.

Já no final do ano passado, foi aprovado o Fundo Municipal do Porto de Tradição, com o objetivo de apoiar os proprietários na recuperação, restauro e/ou a manutenção do património que se pretende salvaguardado e até de auxiliar o investimento em meios e ferramentas de modernização, divulgação e promoção do negócio. Nesta primeira edição, o Fundo tem uma verba de 525 mil euros para 28 estabelecimentos apoiados e os contratos para a atribuição dos apoios são assinados hoje, segunda-feira, numa cerimónia a decorrer nos Paços do Concelho.