Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Livro "Musonautas, Visões & Avarias" ofereceu concerto dos BAN no Rivoli com lotação esgotada
16-12-2019
O lançamento o livro do "Musonautas, Visões & Avarias: 1960-2010 - 5 Décadas de Inquietação Musical" ditou o aguardado regresso de João Loureiro, Ana Deus e Rui Fernandes, 25 anos depois dos últimos concertos dos BAN. O público não quis ficar de fora e respondeu em peso à chamada, marcada para o Teatro Municipal do Porto - Rivoli, no sábado passado.

O motivo para o reencontro da mítica banda portuense foi o lançamento da obra que compila documentos, objetos, conversas e ensaios de vários dos pioneiros da história da música no Porto entre 1960 e 2010 e que resulta da exposição homónima que esteve patente na Galeria Municipal do Porto, no ano passado.

Na apresentação da obra "Musonautas, Visões & Avarias: 1960-2010 - 5 Décadas de Inquietação Musical", Guilherme Blanc, responsável pelo projeto editorial juntamente com o curador da exposição, Paulo Vinhas, sublinhou que o livro procura "ilustrar os diversos mundos e os impulsos de rutura protagonizados por essa rede de criadores, editores, divulgadores e agitadores que transformaram a divergência do seu contexto periférico num catalisador de energia".

Desta retrospetiva de cinco décadas de força e inquietação na criação musical portuense, nas suas diferentes expressões e aventuras sonoras, desde a música erudita à de contestação, até à música experimental e às músicas eletrónicas, através do mapeamento das diferentes práticas musicais, fazem parte os BAN, que responderam positivamente ao repto lançado pelos autores da obra e se apresentaram ao vivo, depois de mais de duas décadas afastados do palco, enquanto grupo.

No final da sessão, o backstage do Rivoli recordou, como já era de esperar, em ambiente de total euforia e, com um misto de nostalgia, temas emblemáticos do trio "Irreal social", "Mundo de aventuras" e "Dias Atlânticos", que marcaram o panorama musical português nos anos 80 e meados da década seguinte.

Ainda a propósito do lançamento o livro do "Musonautas, Visões & Avarias: 1960-2010 - 5 Décadas de Inquietação Musical", os Volúpia Mundana deram um segundo concerto gratuito.

A obra, que inclui um CD de inéditos, com músicas nunca antes editadas, está à venda na Galeria Municipal do Porto e na Biblioteca Municipal de Almeida Garrett, com um preço de venda a público de 25 euros.