Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Líder indígena e artista ativista levam a Amazónia ao palco do Rivoli
04-11-2019
O drama da Amazónia e dos seus povos originais são tema para a conversa desta noite entre a líder indígena e ativista ambiental Sônia Guajajara e o artista e também ativista Ernesto Neto, no Rivoli, no âmbito do Fórum do Futuro que tem vindo a encher o auditório.

Numa sessão moderada pela artista e investigadora Rita Natálio, a partir das 21 horas desta segunda-feira, a dupla de defensores dos direitos indígenas e da proteção daquela floresta leva a debate a importância essencial de dar ouvidos à voz dos povos indígenas, atribuindo-lhes também participação ativa nos modelos de governação.

O Fórum do Futuro, que começou ontem e teve casa cheia na sessão com Chimamanda Ngozi Adichie e na performance de Ralph Lemon e Kevin Beasley, reserva para amanhã mais três sessões, a primeira das quais está marcada para as 17 horas com Naeem Mohaiemen, que apresenta no Rivoli a Artist Talk "Keep Calm e Aprende Bengali". Nomeado em 2018 para o Turner Prize, Naeem Mohaiemen cresceu no Bangladesh a aprender bengali por tradição, enquanto o inglês se apresentava como uma forma de escape que acabou por tornar-se sinónimo de ideia tortuosa de modernidade. A sessão será moderada pelo escritor e curador Shumon Basar, e decorrerá na Caixa de Palco do Grande Auditório do Teatro Rivoli.

Por sua vez, Fiesta Warinwa, diretora para as Políticas de Envolvimento da African Wildlife Foundation, estará em conversa com Filipa Ramos, cocuradora desta edição do Fórum do Futuro, e apresentará abordagens inovadoras que envolvem investidores, responsáveis políticos e agências de desenvolvimento na criação de mecanismos que assegurem a proteção da biodiversidade em África. A sessão "Conservação numa África em Mudança" decorrerá às 19 horas, também na Caixa de Palco do Grande Auditório do Teatro Rivoli.

A encerrar o dia, o consagrado ator Danny Glover, atualmente embaixador da UNICEF, falará sobre o "imperativo moral, democrático e económico" de instituir compensações após séculos de escravatura e partilhará conhecimentos práticos sobre meios de promover a paz, a unidade e a democracia. A sessão, intitulada "Escravatura, Justiça, Reparações: A História por Fechar", terá a moderação de John Akomfrah, artista, escritor, realizador e um dos curadores do Fórum do Futuro, e decorrerá às 21 horas no Grande Auditório do Teatro Rivoli.

O Fórum do Futuro está a decorrer até 9 de novembro, entre o Rivoli, a Casa da Música, Serralves e o Cinema Trindade. Todas as sessões são de entrada livre, mediante levantamento de bilhetes nos locais e no dia de cada sessão.

A programação completa pode ser consultada AQUI.