Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Leila Slimani fala hoje no Porto sobre os territórios sombrios da alma humana
21-09-2018
A jornalista e aclamada escritora franco-marroquina está hoje na Feira do Livro do Porto, para uma conversa a propósito do seu premiado romance "Canção doce" e uma sessão de autógrafos. 

Leila Slimani foi premiada com o Goncourt 2016 pelo seu livro "Canção doce / Chanson douce" (Alfaguara Portugal), onde fala do pior pesadelo de quem é pai - a morte dos filhos - e é essa obra que serve de pretexto para o início da conversa/entrevista com Helena Vasconcelos, a partir das 19 horas de hoje, no Palácio de Cristal.

Com entrada livre, mas limitada à capacidade do auditório, a sessão vai debruçar-se sobre os territórios mais sombrios da alma humana a partir daquela questão eterna para quem tem filhos.

Leila Slimani, que após a conversa dará uma sessão de autógrafos no pavilhão da Flanêur, integra assim o conjunto de convidados da Feira do Livro do Porto para o ciclo de debates programados por José Eduardo Agualusa e que, nesta edição, contaram já com José Mário Branco e Anabela Mota Ribeiro, Mia Couto, Afonso Cruz e o próprio José Eduardo Agualusa, Daniel Cohn-Bendit e Rui Tavares, Filipa Martins, João Pinto Coelho e Helena Teixeira da Silva, Telma Tvon e Sheila Khan.

Neste último fim de semana da Feira, haverá ainda oportunidade para José Riço Direitinho e Valério Romão falarem sobre as novas solidões, sexo e família numa sociedade ligada através das redes sociais, sob moderação da jornalista Susana Moreira Marques (sábado, às 16 horas).

Por último, às 19 horas de domingo, Mário de Carvalho e a filha Ana Margarida de Carvalho, com moderação de Inês Fonseca Santos, vão explicar como nasce um romance, fazendo um retrato dos respetivos percursos enquanto escritores, suas influências e processos de composição.

Paralelamente, decorre ainda no Palácio de Cristal um vasto programa cultural e de animação, sempre com acesso livre. Veja tudo no Jornal da Feira do Livro e acompanhe o site oficial e a página no Facebook.