Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Lançamento de livro e nova exposição na agenda das comemorações de 1820
29-09-2020

A próxima quinta-feira, dia 1 de outubro, reserva dois pontos altos na agenda de comemorações do bicentenário da Revolução Liberal de 1820. A inauguração de uma exposição no Museu Militar do Porto, sobre o prelúdio do 24 de Agosto, e o lançamento de um livro que narra os 40 dias que mudaram Portugal, da autoria de Vital Moreira e José Domingues.


Os meses de interregno por que teve de forçosamente passar o programa de celebrações dos 200 anos da Revolução Liberal não lhe retiraram o fulgor que já ficou evidente na Feira do Livro do Porto, altura em que a agenda retomou com o ciclo Conversas Situadas.

A abrir o mês de outubro chegam mais dois novos eventos, associados a este importante marco histórico, indissociável da cidade do Porto. Às 18,30 horas de quinta-feira, Vital Moreira e José Domingues apresentam, no auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett, localizada nos Jardins do Palácio de Cristal, o livro escrito em conjunto "No Bicentenário da Revolução Liberal II: Os 40 dias que mudaram Portugal (Diário da Revolução)".

A obra narra os primeiros 40 dias da Revolução Liberal do Porto, entre 24 de agosto e 1 de outubro de 1820, período que viria a ser decisivo para a mudança do rumo político de Portugal. Um trabalho de investigação notável, que recolhe como fontes primárias documentos oficiais, memórias dos protagonistas da Revolução e relatos jornalísticos.

A organização da iniciativa está a cargo do Centro de Estudos Jurídicos, Económicos e Ambientais (CEJEA) da Universidade Lusíada do Porto, uma das parceiras institucionais do Município do Porto na organização das comemorações do bicentenário de 1820.

A entrada é livre, mas limitada a 95 lugares sentados no auditório. Para mais informações contacte através do email bib.agarrett@cm-porto.pt ou do telefone 226 081 000.

Cerca de duas horas antes, pelas 16 horas, inaugura noutro ponto da cidade, mais precisamente no Museu Militar do Porto (Rua do Heroísmo, 329), a exposição "Revolução de 24 de Agosto de 1820: Prelúdio do Liberalismo em Portugal", com curadoria Fernando Gonçalves.

Aberta ao público ao longo dos próximos dez meses, até 1 de agosto de 2021, a mostra expositiva aviva a bravura de um grupo de notáveis cidadãos do Porto, que dava o primeiro passo para o fim da influência inglesa e a decorrente monarquia liberal há 200 anos. O Norte exigia o regresso do Rei, uma Constituição, a justiça e a prosperidade. Estavam lançadas as sementes do progresso e da modernidade em Portugal e há documentos e peças históricas que o comprovam.

Encerrado às segundas-feiras, o Museu Militar do Porto pode ser visitado de terça-feira a sexta-feira e domingo, entre as 10 e as 12, 30 horas, e das 14 às 17 horas. Aos sábados, apenas no horário da tarde, das 14 às 17 horas.

Para mais informações sobre o programa de comemorações do bicentenário de 1820, consulte o website 1820.porto.pt.