Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Jovens surfam no Porto com vista para o mundo
08-03-2019

A Rip Curl Grom Search, competição internacional para jovens surfistas com menos de 16 anos, volta às águas atlânticas do Porto já neste fim de semana, 9 e 10 de março.


A celebrar o seu 20.º aniversário, a prova apresenta em 2019 um novo formato, mas mantém o objetivo: encontrar talentos emergentes da modalidade.


Criada na Austrália, em 1999, a competição realiza-se em várias regiões do mundo ao mesmo tempo: Austrália, Indonésia, Nova Zelândia, África do Sul, Estados Unidos da América, Brasil e Europa.


Os melhores de cada zona são depois selecionados para uma final internacional, marcada para a primavera do ano seguinte num destino surpresa.


Este ano, a configuração da etapa europeia é diferente. Divididos pelas categorias de sub-12, sub-14 e sub-16, jovens surfistas de Portugal, França, Portugal, Reino Unido e Espanha vão competir em digressão nos seus respetivos territórios.


Os vencedores de sub-16 masculinos e femininos de cada país serão apurados diretamente para a grande final mundial, a disputar em 2020.


Aos jovens que se classificarem entre o segundo e o quinto lugares (inclusive) será atribuído um wild card para a final europeia, que terá lugar em outubro deste ano, em Peniche.


Desde o seu início, a Rip Curl GromSearch já distinguiu jovens atletas que viriam depois a ascender à elite mundial do surf, como Gabriel Medina (Brasil), Kolohe Andino (USA), Felipe Toledo (Brasil), Jordy Smith (África do Sul), Tyler Wright, Stephanie Gilmore ou Sally Fitzgibbons (estes três da Austrália).


Em 2018, Afonso Antunes e Concha Balsemão foram os representantes portugueses na final do evento.


A etapa marcada para 9 e 10 de março na Praia Internacional do Porto é a primeira prova do cartaz de 2019 das Porto & Matosinhos Wave Series, iniciativa organizada pela Onda Pura, em colaboração com as autarquias das duas cidades.


Como é habitual, o recinto de suporte da prova terá um conjunto de atrações, serviços e experiências dirigidas a público e atletas.