Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Jornal árabe mostra o Porto como destino turístico e cidade para investir
08-07-2019
O jornal diário árabe de língua inglesa "Gulf Today", sediado em Sharjah, nos Emirados Árabes Unidos, publicou um artigo em apresenta o Porto como um destino turístico e uma cidade para investir.

Apesar de publicado na secção de Artes & Cultura da edição em papel do "Gulf Today", o artigo foi escrito a propósito da inauguração da rota Dubai-Porto pela companhia aérea Emirates, na semana passada, e na sequência da apresentação feita na véspera na cidade do Dubai pelo vereador da Economia, Turismo e Comércio da Câmara do Porto, Ricardo Valente.

O prestigiado jornal árabe aponta que a Emirates decidiu ser tempo de agir e estabelecer o voo direto Dubai-Porto. Segundo cita o "Gulf Today", Amiruddin Thanawala, presidente da Comunidade Ismaili nos EAU, considera que "o Porto é reconhecido como uma cidade global, tendo sido nomeada Capital Europeia da Cultura em 2001, um centro industrial líder, reconhecido pelo seu património cultural rico, lazer, artes, arquitetura e gastronomia".

"As pessoas do Porto são muito autênticas. Falam abertamente das suas convicções", salientou por sua vez o Embaixador de Portugal nos EAU, Joaquim Moreira de Lemos. Combinando a sua experiência pessoal e a realidade, o diplomata realçou também a "grande dimensão do Porto", no sentido da cidade "ser a capital do empreendedorismo e da indústria". 

Já no tocante às declarações do vereador Ricardo Valente, o jornal destaca que o autarca contrapôs o tamanho físico da cidade à dimensão da sua relevância e sublinhou o facto de o Porto ser a cidade dos "três T": Talento, Tecnologia e Tolerância. O "Gulf Today" descreve também que o Porto é o centro de uma região com uma população ativa de 1,8 milhões de pessoas e salienta que a Universidade do Porto acolhe cerca de 32 mil estudantes, seis mil dos quais de origem estrangeira. 

O jornal reteve ainda que a UPTEC - Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, investigadores e professores, startups e empresas reconhecidas trabalham em conjunto para tornar o Porto na capital da inovação e da indústria. E as provas desse trabalho estão na decisão de empresas como a Vestas, BMW ou a Paribas que escolheram o Porto para se instalarem.

Um porta-voz da Emirates afirmou que "a rota direta Dubai-Porto promove o papel da transportadora aérea como "construtora de pontes" entre nações, uma vez que "Portugal é um mercado muito importante para nós na Europa" e que "esta nova rota direta Dubai-Porto irá complementar o nosso serviço diário para Lisboa".

Outro fator importante mencionado no artigo é o facto de que "os clientes que residem no noroeste de Espanha podem aceder à rede da Emirates devido à sua proximidade com o Porto. O Porto é um Mercado em crescimento e é um destino ideal para negócios e para turismo".

Como afirma o jornalista que assina o artigo, Muhammad Yusuf, a cidade do Porto é cada vez mais um centro de comércio e potencia investimentos viáveis em várias áreas, incluindo na área da tecnologia e da inovação.

O Porto "compreendeu claramente o que é esta nova Economia", afirmou por seu lado o presidente do Governo Regional da Galiza, Alberto Nuñez Feijóo, por ocasião da sua visita à cidade do Porto em abril de 2017.

No artigo, o "Gulf Today" escreve ainda que "o Porto oferece um património cultural rico" e que "é uma cidade importante a nível comercial e turístico", recordando que o Presidente da Câmara, Rui Moreira, atribuiu em maio as Chaves da Cidade ao príncipe Aga Khan, 49.º líder hereditário espiritual dos Muçulmanos Ismailis, em reconhecimento da sua contribuição para a construção de uma sociedade melhor.