Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

João Sousa Cardoso explica adaptação ao teatro de Os Pescadores de Raul Brandão
29-05-2017
O artista plástico, encenador e realizador João Sousa Cardoso explica o processo de adaptação para teatro do livro "Os Pescadores" de Raul Brandão, durante a conferência que profere nesta terça-feira, dia 30, na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, pelas 18,30 horas.
 
A obra, onde se reúne uma série de crónicas sobre a vida dura dos homens do mar, foi publicada por Raul Brandão em 1923 e adaptada ao teatro de forma livre, por João Sousa Cardoso, numa criação que estreou no final de 2016 no Teatro Municipal Rivoli.

Uma residência artística nas Caxinas, Vila do Conde, no âmbito do Circular Festival de Artes Performativas, e o contacto com a comunidade piscatória local, que incluiu 18 horas em alto mar num barco de pescadores, suscitou em João Sousa Cardoso o interesse por este tema. A partir dos textos de Raul Brandão, o encenador - que tem desenvolvido projetos criativos no cruzamento da estética com as ciências sociais - criou um trabalho teatral que reflete a forma "como o homem consegue enfrentar a brutalidade da natureza e ter em si a força primordial que o faz sobreviver".

É o relato e a reflexão sobre o processo de adaptação para teatro das crónicas de Raul Brandão que João Sousa Cardoso se propõe abordar nesta conferência, a qual encerra um ciclo de encontros com especialistas sobre a obra do escritor, que a Biblioteca Municipal Almeida Garrett promoveu no âmbito do Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares, para aprofundar o conhecimento das várias facetas de Raul Brandão.

Estas iniciativas fazem parte do programa com que a Câmara do Porto está a comemorar o nascimento do escritor, há 150 anos, na Foz do Douro. Nesse âmbito, destacam-se as exposições:

- "Raul Brandão: 150 anos - biografia e obra literária"
Biblioteca Pública Municipal do Porto
até 30 de setembro
segunda a sábado 10h00-18h00
(de 15 de julho a 15 de setembro encerra ao sábado)
 
- "Raul Brandão: 150 anos - pintura e ilustração"
Casa-Museu Guerra Junqueiro
até 30 de setembro
segunda a sábado 10h00-17h30
domingo 10h00-12h30 e das 14h00-17h30

- "Portugal Pequenino, de Maria Angelina e Raul Brandão, visto pelos alunos das escolas do Porto"
Biblioteca Municipal Almeida Garrett
1 a 30 de junho
segunda 14h00-18h00
terça a sábado 10h00-18h00

e ainda o concerto "Húmus", de Jorge Peixinho, pelo Grupo de Música Contemporânea de Lisboa:
Forte São João da Foz
9 de julho
18h30