Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Jardim em flor para visitar na Estação de Metro de São Bento até este domingo
03-03-2019

Este domingo é o último dia para visitar a XXIV Exposição de Camélias do Porto, na Estação de Metro de São Bento. Até às 19 horas, o público pode ver as camélias premiadas no concurso, já reveladas, e usufruir do programa paralelo que inclui ainda diversas atividades, todas de acesso livre. 


Depois já ter percorrido os mais diversos espaços na cidade, a Exposição de Camélias do Porto desceu, este ano, ao átrio da Estação de Metro de São Bento, transformando a obra projetada por Siza Vieira num imenso jardim florido, com centenas dos mais belos exemplares desta espécie, originária do sudeste asiático, mas há muito adotada pelos portuenses.

"A Camélia na Cidade" foi, aliás, o tema que serviu de mote à exposição deste ano e ao vasto programa que sempre a acompanha, por entre exposições, conferências, mercados, visitas guiadas, mostras documentais, oficinas, música, teatro, dança e, claro, muita animação, mas também, e pela primeira vez, nas próprias carruagens da Linha Amarela.

Ao primeiro dia da mostra, que aconteceu neste sábado, Eduarda Paz, presidente da Associação de Camélias do Porto, e Filipe Araújo, vice-presidente da Câmara do Porto, anunciaram os vencedores do concurso que integra a Exposição de Camélias do Porto.

Repetindo a vitória do ano passado, o prémio para "Melhor Camélia" foi para a Casa da Levada, de Vila Nova de Gaia. Em segundo lugar ficou António Assunção, em representação dos Viveiros Albar. Já o título de "Melhor Camélia de Origem Portuguesa" foi entregue a Maria de La Sallett Coelho, ficando o segundo lugar para o exemplar apresentado pelos Viveiros Mário Mota.

Ao longo da tarde, foram milhares os visitantes que passaram pela exposição, cujo programa deste sábado incluiu, entre outras iniciativas, uma performance de dança pelos alunos do Balleteatro, um teatro de sombras e outro de marionetas, um Mercado das Camélias, várias oficinas de acesso gratuito e, já ao final da noite, o concerto "Viva Lorca!", no auditório do Conservatório de Música do Porto.

Enquanto já se prepara a grande festa que se perspetiva em 2020, com a celebração da 25.ª edição, consulte o programa completo para o último dia. A Exposição de Camélias do Porto está patente ao público até às 19 horas.