Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Nova sequóia no Carregal
26-03-2015
O Jardim do Carregal, no Porto, voltou a ter uma sequóia. O novo exemplar, com cerca de três metros de altura, foi plantado na passada semana, exatamente no mesmo local de onde foi retirada, em julho do ano passado, uma sequóia gigante e centenária que tinha morrido há vários anos.

Consciente desta perda significativa para o património arbóreo da cidade - existem apenas mais dois exemplares desta espécie no Porto - nos Jardins de Serralves e no Jardim da Cordoaria -, a Câmara Municipal do Porto, através do seu Pelouro da Inovação e Ambiente, entendeu dar um destaque simbólico a este abate, convidando a Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (FBAUP) a desenvolver no local um conjunto de intervenções de caráter performativo e temporário, intituladas "Soft Monuments".

Para assinalar a replantação da nova sequóia gigante no Jardim do Carregal, os alunos do Mestrado em Arte e Design para o Espaço Público repuseram a performance "Walking Trees", criada em parceria com Flávio Rodrigues e o Balleteatro para o Festival Corpo+Cidade.
A fase de intervenções temporárias terminará com a retirada do painel fotográfico, da autoria da aluna Cristiana de Sousa, que simbolicamente representava no local a memória da árvore abatida.

O momento da replantação foi acompanhado pelo vereador do Pelouro da Inovação e Ambiente da Câmara Municipal, Filipe Araújo.