Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Já são conhecidos os músicos que vão animar a Passagem de Ano no Porto
07-11-2019

Miguel Araújo e Tiago Nacarato, dois músicos da cidade, são os nomes confirmados para a Passagem de Ano 2019/2020. A Avenida dos Aliados será, como habitualmente, o palco de todas as celebrações, numa festa que volta a combinar música, fogo de artifício e muita animação madrugada adentro.


O primeiro a pisar o palco será Tiago Nacarato, a partir das 22,30 horas, em estreia a solo na maior "sala" da cidade. O músico que Portugal ficou a conhecer há dois anos, quando se apresentou no programa "The Voice", da RTP, esgota hoje salas de norte a sul do país, mas também no Brasil. Nascido e crescido no Porto, mas com fortes raízes brasileiras, o emergente portuense lançou o seu primeiro álbum, "Lugar Comum", em outubro deste ano.

Após o tradicional espetáculo piromusical, lançado a partir do edifício da Câmara do Porto, à meia-noite em ponto, será a vez do consagrado Miguel Araújo sair à Avenida para o primeiro grande concerto de 2020.

Com cinco discos editados a solo - "Cinco Dias e Meio" (2012), "Crónicas da Cidade Grande" (2014), "Cidade Grande ao Vivo no Coliseu do Porto (2015), "Giesta" (2017) e "Uma Noite na Philarmonie Luxembourg" (2018) - Miguel Araújo regressa assim a casa para partilhar com o seu público alguns dos temas de maior sucesso da música portuguesa deste início de século.

A festa prosseguirá depois com a dupla Radiola, que junta os DJ Gonçalo Mendonça e Francisco Aires Pereira, dois dos maiores dinamizadores da "movida" da cidade. 

Gonçalo Mendonça já passou por festivais como o Alive, Marés Vivas e o Iminente, estando agora 100% dedicado à Calypso, uma série itinerante de festas em locais secretos que começou em Londres e já passou também por Frankfurt e Porto, entre outros. Francisco Aires Pereira, por sua vez, é DJ residente de espaços de vanguarda da cidade, como o Plano B ou o Pérola Negra.

Recorde-se que, há um ano, a Avenida dos Aliados registou a sua maior enchente de sempre, juntando mais de 200 mil pessoas naquela que é considerada a Passagem de Ano mais celebrada do país.