Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Já decorre a bom ritmo a montagem das estruturas para a Feira do Livro
21-08-2018
A nova edição da Feira do Livro já está em montagens nos Jardins do Palácio de Cristal. Por estes dias, a azáfama na Avenida das Tílias assim o comprova: homens e máquinas avançam com a construção dos 130 pavilhões, que vão ser casa de cerca de uma centena de expositores durante três semanas. O maior certame literário do país realiza-se de 7 a 23 de setembro. Este ano, o cantautor José Mário Branco é o homenageado.

Já começou a fase preparatória de mais uma edição da Feira do Livro, organizada desde 2014 pela Câmara do Porto. Quem por esta altura fizer um passeio descontraído pelos Jardins do Palácio do Cristal ou se deslocar à Biblioteca Municipal Almeida Garrett observa que a montagem das estruturas avança a bom ritmo.

E, a cerca de duas semanas e meia do arranque da Feira do Livro 2018, há uma novidade que requer, também no terreno, trabalho acrescido. Trata-se do projeto Cabine de Escalas, que o Município lançou este verão, com o objetivo de facilitar a participação de editoras de pequena escala no certame, sem custos de presença. Com efeito, cada uma das editoras selecionadas terá direito a um espaço exclusivo para divulgação e comercialização dos seus materiais, integrado numa nova área expositiva comum, criada especificamente para o projeto.

Em breve serão divulgados os detalhes da programação cultural e de animação que integra a edição 2018 da Feira do Livro, com propostas e atividades que tocam os variados gostos e idades. 

Mas adiante-se que, em sintonia com a obra do homenageado José Mário Branco, figura incontornável da Revolução de Abril e que este ano comemora o 50.º aniversário da sua carreira, os temas dos programas de debate, sessões de spoken word, exposições, ciclos de cinema e lições desenvolvem-se sob o signo da liberdade e da revolução.