Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Investigação e inovação na área da Saúde trouxe a chanceler alemã ao Porto
30-05-2018
A chanceler alemã, Angela Merkel, foi hoje recebida no i3S - Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade do Porto. Do programa oficial constava a visita a três laboratórios, seguida de um encontro com os estudantes de doutoramento da Universidade do Porto no Auditório Mariano Gago.

Esta visita, no primeiro dia da deslocação da governante alemã a Portugal, manifesta a importância e a qualidade da investigação do i3S, criado para estreitar relações e sinergias entre o Instituto de Biologia Molecular e Celular (IBMC), o Instituto de Engenharia Biomédica (INEB) e o Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (IPATIMUP), como recorda a agência Lusa.

Com o protocolo de colaboração entre os três laboratórios, em 2003, em 2014 efetivou-se o I3S como consórcio. No ano seguinte, as equipas transferiram-se para um novo edifício, o que representou um investimento de 21,5 milhões de euros.

Com 20 milhões de euros de orçamento anual, o I3S tem três grandes linhas de investigação (cancro, Interação e Resposta do Hospedeiro e Neurobiologia e Doenças Neurológicas). Reúne mais de 900 pessoas, divididas por 64 grupos de investigação.

Acompanhada pelo primeiro-ministro, António Costa, Angela Merkel chegou ao i3S - onde recebeu os cumprimentos do presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira - depois de inaugurar, em Braga, a nova unidade de Tecnologia e Desenvolvimento da multinacional alemã Bosh. Amanhã, a governante cumpre o segundo dia do programa em Lisboa.