Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Centro de Apoio a Migrantes representa um ato de solidariedade
06-07-2016

Foi hoje inaugurado o Centro Nacional de Apoio à Integração de Migrantes do Porto, uma "espécie de loja do cidadão", que concentra os serviços de seis ministérios e que existe em três cidades do país - Porto, Lisboa e Faro. Faz também parte de uma estratégia nacional de "administração de proximidade".


A inauguração ficou a cargo do ministro-adjunto, Eduardo Cabrita que destacou o serviço como aquilo que deve ser a "solidariedade europeia" e a "tradição portuguesa de acolher e integrar".


"Este centro nacional localizado no Porto é o exemplo do nosso dever de solidariedade, da tradição portuguesa de acolher e integrar. Temos três estruturas destas nas zonas do país com maior presença de migrantes.


Para o governante, este é "um direito essencial" e está relacionado com uma "estratégia de administração de proximidade, de que o alargamento de lojas de cidadão é um exemplo".


Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, destacou a importância do Centro "para toda a região". O autarca elogiou também a "integração de serviços de seis ministérios", o equivalente a "quase uma loja do cidadão".


"Já vivi no estrangeiro e sei qual a dificuldade de não saber o que fazer. Aqui encontramos todas as componentes com um aconselhamento muito importante", afirmou.


Para Rui Moreira este é "um ato de solidariedade mas também uma atitude civilizacional por parte de Portugal". "É isso que faz de facto que uma sociedade se transforme numa sociedade livre e cosmopolita, não é estar fechado numa redoma", observou.


Além dos três Centros Nacionais de Atendimento, o Governo disponibilizou o "atendimento indireto" a migrantes em "60 línguas diferentes".


O Centro Nacional de Apoio à Integração de Migrantes do Porto, situado na zona da Boavista, reúne serviços da Autoridade para as Condições de Trabalho, Conservatória dos Registos Centrais, Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Segurança Social, bem como um Gabinete de Apoio ao Emprego, Gabinete de Apoio Social, Gabinete de Apoio ao Reagrupamento Familiar e Gabinete de Apoio Jurídico ao Imigrante.