Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Histórias da prática desportiva na cidade recordadas no Arquivo
18-12-2018
Um velódromo que data da monarquia e um estádio de futebol quase a completar um século são dois episódios da história do desporto na cidade, tema da sessão desta quinta-feira do ciclo "O documento do mês".

A partir das 15,30 horas, na Casa do Infante, vários outros serão recordados por Rui Alves na abordagem à história da prática desportiva na cidade do Porto, recorrendo a documentação existente no Arquivo Histórico Municipal.

Mas, quando se fala nesse tema, dois casos sobressaem pelo envolvimento quase secreto ou do esquecimento coletivo que os vai escurecendo: a criação do Velódromo Maria Amélia nos finais do século XIX, por intervenção direta do Rei D. Carlos, e ainda existente nos jardins do Museu Nacional de Soares dos Reis; o Estádio do Lima, inaugurado em 1924 na Rua da Alegria, que teve o primeiro relvado do país e era propriedade do Académico Futebol Clube, tendo sido também utilizado pelo FC Porto.

São assim pedaços da história da própria cidade do Porto que voltam a sair das prateleiras do Arquivo Histórico Municipal, nesta sessão de acesso livre mas sujeito a marcação prévia (tel. 222 060 400 / 423 ou e-mail casadoinfante@cm-porto.pt).