Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Hastear da Bandeira Nacional marcou abertura das cerimónias oficiais do Dia de Portugal
09-06-2017
Eram 10,30 horas quando, esta manhã, se içou a Bandeira Nacional na Praça General Humberto Delgado, em frente aos Paços do Concelho do Porto e da estátua de Almeida Garrett. Começavam, na presença do Presidente da República e com o Hino de Portugal executado pela Banda da Força Aérea, as cerimónias do 10 de Junho, que onze anos depois regressam à cidade.

Neste primeiro momento oficial, prestaram honras militares ao chefe de Estado a Guarda de Honra, composta por cadetes da Academia da Força Aérea. Marcelo Rebelo de Sousa foi recebido pelo presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, o ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, e o chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Artur Pina Monteiro, entre outras individualidades militares e civis.

Com os Aliados a encherem-se de gente, o Presidente da República iniciou depois a visita, ainda a decorrer, às Atividades Militares Complementares, que dão a conhecer ao público os meios e capacidades dos três ramos das Forças Armadas, Exército, Marinha e Força Aérea.



Hoje, a agenda da Presidência da República estende-se até à noite, com várias visitas e encontros no programa. Amanhã, Marcelo Rebelo de Sousa preside às cerimónias do 10 de Junho nas avenidas do Brasil e Montevideu.