Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Habitação social em discussão
02-03-2015

Durante dois dias, a Associação Portuguesa de Habitação Municipal organizou, no Porto, um seminário subordinado ao tema "Europa 2020, Habitação e Inclusão social".


Na sessão de encerramento, pronunciando-se sobre habitação pública e a distribuição de fundos comunitários nesta área, o presidente da Câmara Municipal defendeu que deve ser o Governo a definir os critérios para escolher os projetos em "overbooking" (comprometidos além das disponibilidades) para executar as verbas.


"Entendo que os critérios devem ser de ordem política, [definidos] por aqueles que estão mandatados pelo povo português. É uma questão de legitimidade democrática", argumentou Rui Moreira, sugerindo que, além do "critério de maturação" dos projetos, poderiam ser escolhidos "prioritariamente os que doravante não sejam candidatáveis ao próximo programa" de fundos comunitários.


Presente na mesma sessão, o secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Castro Almeida, revelou ser intenção do Governo criar um fundo para a regeneração urbana, incluindo em habitações, com "pelo menos" dois mil milhões de euros e com "grande envolvimento das autarquias". O fundo para a regeneração urbana deverá ser constituído com fundos comunitários, do Banco Europeu do Investimento e da banca comercial.


A organização do evento foi da Associação Portuguesa de Habitação Municipal, presidida atualmente pela Câmara Municipal do Porto, que também apoiou a iniciativa. Para o vereador da Habitação e Ação Social, Manuel Pizarro, faz todo o sentido falar sobre o assunto, numa altura em que "é preciso sensibilizar o governo para a necessidade de um maior investimento na área da habitação. Ainda hoje há milhares de famílias, no Porto e no país, que vivem em situações indignas".


Técnicos e diretores da DomusSocial continuaram, pós seminário, a debater o assunto, em temas tão variados como "Atendimento aos munícipes - a experiência da Domus Social", "Eficiência energética nos projetos de reabilitação dos Bairros" e "Regulamentos de Gestão do Parque Habitacional e Novo Enquadramento Legal".


Para além das sessões pós seminário, a DomusSocial promoveu um Roteiro da Habitação Social do Porto, com visita guiada a alguns bairros municipais, nomeadamente, Conjunto Habitacional Travessa de Salgueiros, Bairro Duque de Saldanha, Bairro do Lagarteiro, Bairro de Contumil e Agrupamento Habitacional Rainha D. Leonor.