Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Há menos 136 ninhos de vespa asiática na cidade
21-01-2019

O Município do Porto procedeu no ano passado ao extermínio de 136 ninhos de vespa velutina, também conhecida como "vespa asiática". O número reflete o aumento da intervenção em 30 ninhos comparativamente ao ano de 2017.


A vespa asiática representa um risco para a apicultura, produção agrícola, ambiente e também para o bem-estar e a segurança dos cidadãos, embora não seja considerada individualmente mais perigosa para seres humanos do que a vespa europeia.


Quando perturbada, esta espécie poderá representar um risco para as pessoas, devido à sua picada, tal como acontece com as de outras vespas e de abelhas. No entanto, dada a visibilidade dos ninhos de vespa velutina e a maior probabilidade de contacto com os mesmos, esta espécie pode constituir um risco acrescido para as populações nos locais de ocorrência mais frequente.


Tendo isto em consideração, o Município do Porto promove a destruição dos ninhos que são detetados no concelho, como medida de controlo da proliferação daquela espécie.


Em caso de avistamento de ninho, os cidadãos têm ao seu dispor os seguintes canais: Portal www.sosvespa.pt; serviços municipais do Ambiente (através do contacto telefónico 228 349 490); linha SOS AMBIENTE (808 200 520); a Junta de Freguesia mais próxima do local de deteção ou suspeita.


A vespa velutina é uma espécie não indígena, predadora da abelha europeia, encontrando-se por enquanto circunscrita ao norte e centro do país, de acordo com a informação constante no Plano de Ação para a Vigilância e Controlo da Vespa Velutina em Portugal.


A presença desta espécie de vespa foi confirmada em Portugal em 2011, sendo que o principal impacto conhecido desta espécie é a predação das abelhas.


+Info: Plano de Ação para a Vigilância e Controlo da vespa velutina em Portugal