Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Guia de Arquitetura reúne obras dos últimos 75 anos que marcam a cidade
26-01-2018
O Silo-Auto, a reabilitação do Teatro Rivoli e um dos emblemáticos edifícios projetados pelo arquiteto Viana de Lima são apenas alguns dos mais de 200 exemplos reunidos no "Guia de Arquitetura do Porto 1942-2017", a lançar na próxima quinta-feira, dia 1, pelas 19 horas, na Câmara do Porto.

Esta publicação da editora A+A Books, patrocinada pela Fundação EDP, faz um retrato exaustivo do movimento moderno à atualidade, juntando às obras marcantes dos últimos 75 anos aquelas que assinalam as transformações da própria cidade, como a requalificação da Baixa no âmbito do Porto 2001 - Capital Europeia da Cultura ou o Metro do Porto.

A obra, que tem o apoio da Câmara do Porto, da Ordem dos Arquitetos e da Fundação Marques da Silva, está organizada por zonas da cidade e contempla também projetos dos concelhos vizinhos, apresentando em cada caso uma descrição individual do projeto. Nela figuram, entre outras, o Hotel D. Henrique, a Escola Secundária Soares dos Reis, a reabilitação de uma ilha de Campanhã, a sede portuense da União Eléctrica Portuguesa, a Ponte de S. João, a reabilitação do Palácio do Freixo, as faculdades de Engenharia e de Economia, o complexo habitacional Quinta das Sedas, o Terminal de Cruzeiros de Leixões, a reabilitação da Casa das Artes, a Casa da Arquitectura, a Casa de Chá da Boa Nova, a Estação de Tratamento de Águas do Lever, a Capela de São José e o edifício Garagem Ouro.

Além disso, o "Guia de Arquitetura do Porto 1942-2017" elenca prospetivamente projetos "De hoje para o futuro", ou seja, que se antevê venham a inscrever-se na mesma filosofia e com o mesmo impacto dos anteriores, como é o caso da requalificação do antigo Matadouro.

A sessão de lançamento da obra, considerada de manifesto interesse cultural pelo Ministério da Cultura, é de acesso livre.