Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

GNR comemoraram 35 anos com lançamento na Casa da Música de biografia oficial
21-09-2016

Perante uma plateia de gerações, o Grupo Novo Rock (GNR) lançou ontem, na Casa da Música, a biografia oficial da banda, "GNR - Onde Nem a Beladona Cresce". O livro, assinado pelo jornalista Hugo Torres e com selo da Porto Editora, vem celebrar os 35 anos de carreira da banda nortenha e contou com apoio da Câmara do Porto.


Na estreia dos GNR no palco da Sala Suggia, Tóli César Machado, Rui Reininho e Jorge Romão deram uma entrevista ao apresentador Pedro Fernandes e presentearam o público com vários temas, como "Dunas", "Maria" e "Pronúncia do Norte", alusivos a cada década da sua história.


A noite teve início com a intervenção do Presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, que destacou os GNR como "a banda do Porto", uma referência incontornável da música portuguesa e da cultura da cidade. Relembrou que o grupo, que esteve "sempre à frente do seu tempo", nos habituou a atuações memoráveis em espaços enigmáticos da cidade, como o estádio das Antas, a Avenida dos Aliados ou o Coliseu.




No decorrer do espetáculo, Pedro Fernandes conduziu a banda e os presentes por momentos marcantes dos 35 anos de história daquela que é uma das mais originais, relevantes e irreverentes bandas portuguesas das últimas quatro décadas e que conta já com mais de uma dezena de discos.


O livro, com fotografias de João Ferrand, é ainda acompanhado de um tema inédito e exclusivo, "O Aranha-Corações". Com voz e letra de Rui Reininho e composição de Tóli César Machado.