Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Galeria Municipal apresenta obras dos seis finalistas do Prémio Paulo Cunha e Silva
24-05-2018
A exposição coletiva, a inaugurar na Galeria Municipal do Porto a 9 de junho pelas 18 horas, inclui obras dos seis artistas selecionados para a fase final do Prémio Paulo Cunha e Silva.

Os nomes de Christine Sun Kim (EUA); Jonathas de Andrade (Brasil); June Crespo (Espanha); Mariana Caló e Francisco Queimadela (Portugal); Naufus Ramírez Figueroa (Guatemala); e Olga Balema (Ucrânia) foram anunciados em julho passado, na sequência da escolha feita pelo júri do Prémio, composto nesta primeira edição (2017/2018) pelos curadores João Laia e Vicente Todolí, a coreógrafa Meg Stuart e o artista plástico Julião Sarmento.

A decisão foi tomada após análise dos portefólios dos 47 artistas que haviam sido inicialmente selecionados por um conjunto de 16 curadores indicados pelos quatro jurados. De acordo com o júri, a qualidade dos trabalhos era excecional.

Com curadoria de Guilherme Blanc e João Laia, a exposição "Prémio Paulo Cunha e Silva" estará presente na Galeria Municipal a partir de 9 de junho próximo e até 19 de agosto. A decisão final do júri será tomada após a análise das obras apresentadas e, durante o decorrer da exposição, será anunciado o vencedor da primeira edição, que receberá um prémio monetário de 25 000 euros com o apoio da Fundação Millennium bcp.

Inserido no projeto municipal PLÁKA de dinamização e apresentação de arte contemporânea no Porto, o Prémio Paulo Cunha e Silva foi criado pela Câmara do Porto como homenagem ao seu antigo vereador da Cultura e destina-se a artistas nacionais e estrangeiros com menos de 40 anos, que não tenham tido mais do que uma exposição individual numa instituição ou espaço de arte de "relevo a nível internacional".

Todas as informações sobre o Prémio estão disponíveis em http://www.pcsartprize.com/.