Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Gabinete do Munícipe soma perto de 3 milhões de atendimentos em 15 anos
09-07-2019

O Gabinete do Munícipe (GM) do Porto assinala hoje, 9 de julho, 15 anos de existência. Desde que foi aberto, este serviço tem assumido um papel preponderante no relacionamento entre cidadãos e autarquia, contabilizando quase três milhões de atendimentos no conjunto dos vários canais que disponibiliza (presencial, web e telefone).


Em 2018, e pela primeira vez na sua história, o GM registou um aumento da procura pelos canais de atendimento à distância superior ao aumento através do atendimento presencial, mostrando a aceitação dos cidadãos que tendem, progressivamente, a privilegiar a utilização de meios tecnológicos na interação com a autarquia e com outras entidades da Administração Local e Central.


Falando de números, no ano de 2018, o GM registou 322.947 atendimentos (172.871 atendimentos no canal presencial, 121.907 pelo telefone e 28.169 formulários submetidos no canal online), ou seja uma média de 1.345 atendimentos por dia.


Um Gabinete do Munícipe de nova geração


Neste mandato, o GM assumiu mais competências no sentido de potenciar uma visão global e em tempo real de todas as interações dos munícipes com a autarquia. Está agora alicerçado numa nova Direção Municipal que congrega três áreas funcionais: o Arquivo Geral (que gere a Unidade Central de Digitalização), o Atendimento e a recém-criada Secretaria Geral, a que se somou também a gestão operacional de primeira linha do Centro de Gestão integrada.


A nova Secretaria Geral veio centralizar dois canais - o correio postal e o mail institucional - e permitiu passar a digitalizar todos os pedidos recebidos pelo Município em suporte papel, alavancando o projeto de desmaterialização administrativa preconizado pelo Executivo Municipal.


Continuando o trilho da aposta nos serviços online, mais cómodos para o cidadão, o GM passou a disponibilizar "na hora" e online a "emissão de planta topográfica", a "emissão de planta de localização" e a possibilidade de consulta e obtenção de informações em tempo real sobre o cadastro dos imóveis municipais.


Ainda durante o presente ano, será promovida a entrega através do canal digital dos processos de licenciamento urbanístico, entre outras novidades.


Nova sala de consulta online e painéis informativos


Recentemente, houve uma melhoria das instalações do GM e foi criada uma nova área designada por Sala de Leitura, que oferece mais comodidades na consulta de documentos e processos.


O novo espaço dispõe de quatro novos postos destinados à consulta de processos em suporte digital, é amplo, tem boa iluminação natural, cacifos para a guarda de bens pessoais durante a consulta, equipamentos informáticos modernos e que asseguram boas condições de usabilidade.


A esta sala está alocado um colaborador do Gabinete do Munícipe que acompanha as consultas, presta esclarecimentos e pode, se estiverem reunidas as condições necessárias, facultar reproduções.


Além disso, quem entra no átrio do GM é surpreendido com um tríptico de painéis informativos. Dois deles são destinados à divulgação de editais, sendo que um é interativo (com ecrã tátil), o que permite a qualquer cidadão e de forma totalmente autónoma pesquisar e aceder digitalmente a um conjunto de informações do seu interesse sobre o Município (horários de abertura e encerramento de portas; funcionamento dos diversos serviços de atendimento municipais; macroestrutura da autarquia; carta de serviços, entre outros). O terceiro painel apresenta informações sobre a cidade (notícias; principais eventos culturais, sociais e desportivos; condicionamentos de estacionamento e de trânsito).


É de recordar que, desde 2018, existe um posto da Polícia Municipal nas instalações do GM, onde é possível tratar de diversos assuntos tais como o pagamento de contraordenações e devolução de documentos; a identificação do condutor para elaboração de contraordenação; ou a emissão do certificado de registo de cidadão comunitário.