Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Futuros emergentes cruzam artes com filosofia e ciência no festival de pensamento
08-11-2017
Futurologia do presente, repensar o Antropoceno e as recentes descobertas em torno das ondas gravitacionais constituem os temas do programa de quinta-feira no Fórum do Futuro, que está a decorrer no Porto e conta, hoje mesmo, com o arquiteto Francis Kéré.

Continuam a suceder-se os convidados oriundos das mais diferentes áreas que, desde o passado domingo, passam pelo Rivoli e outros espaços da cidade para ajudar a pensar e debater o futuro, equacionando as consequências da pegada humana no Planeta.
Com a noite de hoje (21,30 horas, Rivoli) dedicada às ideias do arquiteto Francis Kére, do Burkina Faso, que defende a arquitetura como um ato social ("mais com menos") e as vem aplicando em sociedades mais desfavorecidas, o programa de quinta-feira abrirá, às 16 horas, na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. A artista e escritora catari-americana Sophia Al-Maria trará, então, uma reflexão sobre futuros emergentes e o papel da arte como território de indagação especulativa.
 
Sob o tema "Futurologia do presente: arte, corpo e clima", e numa conversa com o coletivo Pipi Colonial, Sophia Al-Maria, cujo trabalho mais recente se tem debruçado sobre a relação entre a violência diferida da extração de recursos naturais e o corpo feminino, falará das alterações climáticas e da proliferação de tecnologias digitais no Golfo Pérsico que - sugere - projeta as condições em direção às quais o resto do mundo está já a gravitar.
 
O Fórum do Futuro segue, pelas 19 horas de quinta-feira, até ao Mosteiro de São Bento da Vitória, onde irá "Repensar o Antropoceno" com a filósofa brasileira Denise Ferreira da Silva e a artista suíça Ursula Biemann.
Nesta sessão, será questionado o pensamento do Antropoceno e as conceções de género e de racialidade que lhe são inerentes, bem como o papel da estética e da crítica para reimaginar a relação frágil e complexa que mantemos com a natureza.
 
Para a noite, o festival do pensamento conta com o cientista David Shoemaker para recordar Albert Einstein, a sua Teoria da Relatividade e a previsão da existência das ondas gravitacionais, em 1916, que então considerou inobserváveis.
David Shoemaker - porta-voz do projeto LIGO Scientific Collaboration, que neste ano recebeu o Prémio Nobel da Física - vai, porém, demonstrar o "engano" de Einstein, pois as ondas gravitacionais são já hoje passíveis de "observação": que novas histórias sobre o Universo nos narram estas extraordinárias mensageiras do Cosmos?
 
Também nesta quinta-feira, o duo australiano Pony Express apresenta a segunda performance do Club Ecosex, desta vez acompanhada pelo DJ Set de Alfredo (Os Yeah!, Sensible Soccers), entre as 23 e a 1 hora da manhã, no 5.º piso do Rivoli, com acesso a maiores de 18 anos e sem levantamento de bilhete.
 
+Info: A entrada nos eventos do Fórum do Futuro, que decorre até ao próximo dia 11 e que pode conhecer detalhadamente aqui, é livre mediante levantamento de bilhete (máximo de dois por pessoa), no dia e local da sessão, exceto no caso de "Club Ecosex" em que a entrada será efetuada por ordem de chegada e até às 00h30 (sem bilhete).