Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Funicular dos Guindais foi hoje descontaminado para reabrir na segunda-feira
15-05-2020

O Funicular dos Guindais foi hoje alvo de uma descontaminação preventiva, de modo a reabrir em segurança ao público a partir da próxima segunda-feira, dia 18. A ação foi concretizada pelo Batalhão de Sapadores Bombeiros do Porto (BSB), tendo incidido nas duas cabines do funicular e nas duas estações do que o servem, situadas na Avenida de Gustavo Eiffel e na zona da Batalha. 


A limpeza e desinfeção especial no Funicular dos Guindais está concluída e o equipamento municipal, que já se encontra sob gestão direta da Câmara do Porto, após o final da concessão à Metro do Porto, pode ser reaberto com toda a segurança aos utentes na próxima segunda-feira, depois de ter encerrado temporariamente no início de abril.

A Equipa de Matérias Perigosas dos BSB, que detém o conhecimento e equipamentos necessários para intervir em cenários de ameaça biológica, como é o caso do vírus Sars-Cov-2, tem utilizado neste tipo de operação de descontaminação, que decorre há mais duas semanas em espaços e equipamentos municipais, vários tipos de material descontaminante, nomeadamente químicos à base de cloro ou etanol, adequados a estas ações.

Elevador da Lada também reabre durante a próxima semana

O Ascensor da Ribeira do Porto, mais conhecido como Elevador da Lada reabrirá ao público durante a próxima semana.

Recorde-se que em junho de 2019, a autarquia deliberou reassumir a gestão destes dois equipamentos - Funicular dos Guindais e Elevador da Lada - com o objetivo de os enquadrar num sistema integrado de ligações mecanizadas entre a cota alta e a cota baixa do Centro Histórico, potenciando desta forma a acessibilidade, a mobilidade e a fixação da população residente nestas zonas da cidade.

A gestão e manutenção vai ser feita através de um contrato de prestação de serviços à Liftech, operadora que venceu o concurso público por prévia qualificação, no valor de 2,17 milhões de euros. O investimento enquadra-se na estratégia municipal de promoção do uso de transportes coletivos e modos suaves, menos poluentes.