Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Fundo de Emergência Social já ajudou mais de mil famílias em três anos
01-03-2017

A Câmara do Porto já ajudou 1.051 famílias através do Fundo de Emergência Social, criado em 2014 pelo executivo de Rui Moreira, cumprindo, dessa forma, uma das medidas do seu programa, em 2013. Só em 2016, a Câmara apoiou 593 famílias, suportando boa parte da renda da casa dos candidatos cujos rendimentos e situação social encaixaram nos critérios definidos pela autarquia.


A maioria dos apoiados paga renda a um senhorio e apenas uma minoria possui casa própria. Quase metade das famílias apoiadas candidatou-se a casas de habitação social. Em 2016, a Freguesia do Bonfim foi a que mais pedidos favoráveis recebeu, com 117 famílias apoiadas, segundo do Centro Histórico, com 102 e de Campanhã, com 93. Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde foi a União de Freguesias com menos pedidos atribuídos (apenas 19, em 2016).


O Fundo de Emergência Social é de dois milhões de euros, sendo totalmente suportado pelo município. Em 2016 o valor revelou-se suficiente para as candidaturas apresentadas, uma vez que nenhuma deixou de ser apoiada por falta de verba.