Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Fitch renova confiança nas contas públicas do Porto e compara-as em alta relativamente ao país
29-09-2020
A Agência Fitch renova a confiança na gestão financeira do Município do Porto e mantém a classificação global BBB. O Issuer Default Ratings (IDR) é atribuído de acordo com a prestação da República Portuguesa e não pode ser superior à classificação do país. No entanto, no indicador Standalone Credit Profile (SCP), a performance individual da cidade do Porto prova ser ainda mais sólida, como demonstra a classificação "aa".

O relatório da agência financeira norte-americana já reflete o impacto da pandemia nas contas públicas nacionais e não deixa de depositar confiança nas contas do Município do Porto e na sua gestão.

Mais ainda, quando, isoladamente, coloca a cidade Invicta numa posição ainda mais favorável do que a avaliação global do país.

No perfil de risco, destaca como "fortes" a combinação de dois fatores, nomeadamente a "sustentabilidade das despesas e dos passivos e a robustez da liquidez" do Município do Porto.

Já no que diz respeito "à robustez das receitas, à adaptabilidade das despesas, às responsabilidades financeiras e à flexibilidade da liquidez", o rating atribui o grau "médio", apenas deixando a indicação de que a capacidade de ajuste nas receitas é mais "frágil", concluindo-se assim que a Câmara Municipal do Porto está mais exposta a fatores exógenos, que não controla diretamente.

De acordo com a mesma avaliação de "midrange risk profile", a Fitch atribui uma visão de "baixo risco" ao Município do Porto, não crendo "que a cobertura do serviço da dívida pelo saldo operacional enfraqueça inesperadamente ao longo do horizonte 2020-2024".

Recorde-se que já no ano passado a Fitch destacava "o crescimento expressivo do investimento, a estabilização do setor financeiro, o reequilíbrio das contas externas e os progressos alcançados na consolidação estrutural das contas públicas" no rating atribuído à cidade do Porto.